Rodovias mineiras têm o carnaval menos letal em dez anos

Redução chega a 61% quando comparado a 2017, conforme dados da Polícia Rodoviária Federal

Divulgação PRF


Em 2019, foram 148 colisões, enquanto em 2018 e 2017 foram 175 e 340, respectivamente, informa a PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou a Operação Carnaval 2019 com o menor número de mortos considerando os últimos dez anos. Este ano, nove pessoas morreram nas rodovias federais do Estado no Carnaval. Além de ser o menor resultado da década, este número é cerca de 61% menor do que em 2017, que teve 23 mortos, e 18% menor do que em 2018, quando a Operação chegou ao fim com 11 pessoas mortas.

Além da redução no número de mortos, a PRF contabiliza reduções entre totais de acidentes e feridos. Em 2019, foram 148 colisões, enquanto em 2018 e 2017 foram 175 e 340, respectivamente. Do total de feridos, enquanto 2019 apresentou 193 vítimas, em 2018 este número foi 201 e em 2017 foi 386.

Outras ações
A PRF também atuou nas rodovias no combate à embriaguez ao volante. Ao todo, 6.945 testes de alcoolemia foram realizados, o que levou à autuação de 114 pessoas e à prisão de oito indivíduos. Com o uso de 23 radares móveis, a PRF realizou 8.233 multas por excesso de velocidade e os agentes encerraram a operação constatando 1.145 ultrapassagens proibidas.



Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO