Caminhoneiro morre em acidente na LMG-758

Vítima perdeu o controle do veículo e caiu em um abismo na margem da rodovia, entre Açucena e Belo Oriente

Afonso Ferreira / Reprodução


Lucas Almeida, 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente

O motorista Lucas Almeida Lima, de 26 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (28), vítima de acidente de caminhão no Km 51 da rodovia estadual LMG-758, trecho entre Açucena e Belo Oriente. O veículo que ele conduzia, carregado com toras de eucalipto, caiu em uma ribanceira após a perda direcional. Lucas morreu no local, antes de ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros Militar.

O registro do acidente foi feito pela Polícia Militar Rodoviária por volta de 1h, conforme dados apurados pelo Diário do Aço. Lucas dirigia o caminhão VW 24.250, placas HLC-1278 (Manhuaçu), sentido Açucena a Belo Oriente. Ao descer uma serra, por motivos desconhecidos, a vítima perdeu o controle do veículo e atingiu a defensa metálica à margem da rodovia.

Em seguida, o caminhão despencou em um abismo de cerca de 100 metros de profundidade. Os militares do Corpo de Bombeiros foram acionados para resgatar a vítima, mas o corpo do motorista estava fora da cabine do veículo, que ficou completamente destruído. Lucas já se encontrava morto.

O local do acidente fatal foi periciado pelo perito Eduardo, da Polícia Civil, e o corpo de Lucas removido pela funerária Paraíso para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga. A empresa proprietária do caminhão foi informada do acidente e ficou responsável pela retirada do veículo acidentado do local.

MAIS FOTOS

Comentários

Lerildo Jadir Ribeiro 28 de Fevereiro, 2019 | 13:51
Infelizmente a ganância tirou a vida de mais um trabalhador.
Esse caminhão foi feito por engenheiros capacitados pra 14 ton.
Não sei como as autoridades liberaram o mesmo pra carregar 20 ton. e o pior subir e descer essas montanhas de nossa região.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO