Van Gogh, o mito

A obra colabora para mostrar o pintor holandês como gênio incompreendido, mas faz isso sem grandiloquência

Divulgação


A obra colabora para mostrar o pintor holandês como gênio incompreendido

E Van Gogh chega mais uma vez ao cinema para nos desafiar. Falecido aos 37 anos em circunst√Ęncias at√© hoje mal conhecidas, √© a refer√™ncia mundial do que significa ser pintor para nove entre dez pessoas. Seu nome est√° associado muitas vezes mais √† sua biografia de artista incompreendido do que ao seu talento como artista visual.

‘No Portal da Eternidade’ refor√ßa essa tese, mas atinge momentos de intensa beleza como as caminhadas dele pelos campos de Arles, na Fran√ßa, pontuadas pelas teclas de um piano nervoso. O filme acentua justamente a ang√ļstia de um criador, provavelmente portador de alguma doen√ßa mental n√£o totalmente identificada at√© hoje.

O diretor Julian Schnabel consegue de Willem Dafoe, indicado ao Oscar pelo papel do protagonista, um desempenho √≠mpar, pelas nuances apresentadas ao interpretar um homem que oscila entre rea√ß√Ķes violentas e a extrema delicadeza nas conversas com o irm√£o, um padre e seu m√©dico.

A obra colabora para mostrar o pintor holandês como gênio incompreendido, mas faz isso sem grandiloquência. A trajetória de Van Gogh é apresentada como a de uma pessoa comum, mergulhada, porém, em uma atmosfera de incertezas sobre a sua própria caminhada em meio à falta de dinheiro e a uma convicção de que a sua arte era para o futuro da humanidade.

Oscar D’Ambrosio √© jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Portugu√™s e Ingl√™s) e doutor em Educa√ß√£o, Arte e Hist√≥ria da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunica√ß√£o e Marketing da Faculdade de Ci√™ncias M√©dicas da Santa Casa de S√£o Paulo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Coment√°rios

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENT√ĀRIO