Madrepérola, carnaval e porco

Wagner Penna e as novidades do mundo da moda

MADREPÉROLA
A temporada de lançamentos para o inverno na pronta-entrega de Beagá (leia-se moda vendida pelo atacado) começou com o pé direito. Muitos compradores de todo o pais já circulam pelos showrooms das grifes, sinalizando que as vendas serão melhores do que as do ano passado.

Divulgação


O estilo refinado da Madrepérola
Com a moda mais democrática, cada marca valoriza seu DNA com propostas criativas e únicas. Entre as marcas que confirmam essa tendência está a Madrepérola, com um estilo refinado, bem coordenado e de alta qualidade. O tema da coleção é ‘Noite e Dia’, com plissados, estampas e contrastes bacanas. O vaivém vai prosseguir até março. Amém.

CARNAVAL
O que muita gente sente ao ver alguns desfiles acabou sendo assunto de blogs e sites de moda. Estamos falando dos exageros nas passarelas que, na verdade, são mostrados para reafirmar o estilo ou tendência que os criadores desejam lançar.

O problema é que, às vezes, eles vão longe demais. Daí a coisa parece um carnaval. E foi assim que o assunto rendeu desta vez: as blogueiras retiraram da passarela de alta-costura, em Paris, ‘inspirações’ para o próximo período carnavalesco. E ficou ótimo!

PORCO
Na terça-feira, 5 de fevereiro, começou o ano novo lunar, que em 2019 é consagrado ao porco, ultimo símbolo no ciclo do zodíaco chinês. No Oriente, as comemorações tiveram festivais da primavera, embora o frio esteja ainda em temperaturas glaciais por lá.

A moda não ficou de fora do assunto, e grifes como a Gucci, Louis Vuitton, Moschino, DSquared, Dolce & Gabanna, Cloé e muitos outros lançaram camisetas, bolsas, tênis e outras peças com desenhos do suíno em todas as formas. O mais bonitinho é o do rabo da porca retorcido numa bolsa. Uau!

VAIVÉM
* A Ima Têxtil faz mais um ‘Café com Estilo’, desta vez para mostrar as antecipações do verão 2020 e a pronta-entrega em tecidos para o próximo inverno. Muitas texturas e estampas inovadoras estão nas araras da tecelagem, em Minas Gerais, em São Paulo e com os seus representantes espalhados em todo o país. ***

* Os tumultos extra moda acabam sacudindo o setor em todo o mundo. A saber: na França, o movimento dos ‘coletes amarelos’ fez as compras de vestimentas caírem quase 7% desde que começaram. Em Madri e Barcelona, na Espanha, a greve dos taxistas contra os aplicativos de transportes fez as vendas de roupas caírem 40%. ***

* Com o link fashion Brasil / Portugal cada vez mais ligado, essa informação vem na hora certa: o Lisboa Moda acontecerá no inicio de março. O vaivém de desfiles movimenta o setor, que já tem muitos brasileiros com lojas e confecções por lá. ***

PONTO FINAL - Com o verão ainda no auge e as temperaturas sufocantes, a turma do varejo fashion começou as liquidações das suas coleções de roupas leves. Boa noticia para quem esperou um pouco para comprar, mas pouca coisa boa sobrou nas araras. A estimativa é dos próprios comerciantes, que já se preparam para lançar o inverno nas lojas, em março.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO