Motociclista morre após colidir com uma árvore, em Ipatinga

Conforme as testemunhas, a motocicleta transitava em alta velocidade pela avenida Londrina, no bairro Veneza II, quando colidiu com uma árvore no canteiro da via

Álbum pessoal


Walacy Gonçalves dos Reis tinha 24 anos
Atualizada às 15h45 21/01
Na madrugada deste domingo (20) foi registrado um acidente fatal na avenida Londrina, bairro Veneza II, em Ipatinga. O motociclista Walacy Gonçalves dos Reis, de 24 anos, bateu em uma árvore e ficou em estado grave. Ele foi encaminhado para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Na garupa da motocicleta havia outra vítima, identificada apenas como Rômulo, que também ficou em estado grave. Conforme as testemunhas, a motocicleta transitava em alta velocidade pela avenida Londrina, no bairro Veneza II, quando colidiu com uma árvore no canteiro da via. As duas vítimas que estavam no veículo foram socorridas pelo Samu e encaminhadas ao Hospital Márcio Cunha.

Walacy, que é morador do bairro Bom Jardim, teve traumatismo craniano, fratura na bacia e pneumotórax. Mesmo com atendimento médico, Walacy não resistiu aos ferimentos e faleceu. Já o passageiro também teve traumatismo craniano e permanece sob observação médica, já que seu estado de saúde é grave.

Comentários

Edim 22 de Janeiro, 2019 | 10:46
O problemas não está nos veículos está nas pessoas que não valorizam mais a vida . Ninguém é Santo seja de carro de moto eletricista pessoas que trabalham em lugares altos todas as citações são perigosas porém todos acham que são capazes de tudo e que nunca vai acontecer nada com eles . Então antes de julgar alguém lembre-se que todos nós somos imperfeitos e cometemos erros o tempo todo
Matheus 22 de Janeiro, 2019 | 08:44
Pessoal gosta tanto de julgar, credo.
Ziel 21 de Janeiro, 2019 | 14:21
Vcs que falam merdas devem ser Santo, vcs que falam merda deve ser os santos do trânsito, até parece que as vezes não damos uma acelerada seja na moto ou no carro, infelizmente isso acontece, dessa vez foi com eles e amanhã pode ser com nois ou com alguém da nossas famílias, trabalhei com Walace e ele não andava só acelerado como nosso amigo aí falou
A 21 de Janeiro, 2019 | 11:42
Quem poderá fazer uma campanha na nossa cidade sobre motos, aqui em Ipatinga é diferente porque tem um número exagerado de motos, um veículo sem segurança nenhuma, quase todo día morre uma pessoa de acidente de moto, e fácil demais para adiquirir uma moto, consórcios ...financiamentOs com prestações pequenas etc...
Sabonete 21 de Janeiro, 2019 | 09:56
MAIS UM RESULTADO DE IMPRUDÊNCIA SOMADO AO EXCESSO DE VELOCIDADE....
Qualquer Um 21 de Janeiro, 2019 | 07:18
O geleia a moto não anda sozinha, muito fácil colocar a culpa na moto, é uma tragédia sim, mas a culpa é de quem anda e faz doidera encima dela, testemunhas disseram que estavam em alta velocidade, a culpa é da moto? A culpa é da árvore?
Weverson 21 de Janeiro, 2019 | 02:52
Os veiculos tem un sistema que Chama se acelerador e Nao funciona se o condutor Nao úsalo Ai o cara Acha que está numa pista de corrida e sai louco da nisso nao existe veiculos perigosos más sim condutores perigosos dor maior se essa arvore Fosse uma Pessoa.
Anonymous 21 de Janeiro, 2019 | 00:06
Só andava acelerado.... Trabalhou na sorveteria kelly
Geleia 20 de Janeiro, 2019 | 21:12
Mais uma tragédia com essa merda de veículo ,que se chama moto , que Deus conforte a família
Edvaldo de Carvalho Souza Souza 20 de Janeiro, 2019 | 13:03
Mais uma tragedia envolvendo moto e um rapaz tao jovem. Que Deus conforte os familiares neste momento de dor.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO