Mulheres saem de bar, no Cidade Nobre, e sofrem sequestro-relâmpago

Vítimas foram rendidas ao saírem de um bar, na avenida Monteiro Lobato, e entrarem em um Hyundai HB20 para irem embora

Divulgação


As vitimas foram rendidas na avenida Monteiro Lobato, Cidade Nobre, ao siar de um badalado bar nas proximidades dessa praça

O fim de uma noitada em um bar do bairro Cidade Nobre, em Ipatinga, terminou em momentos de grande apreensão e terror para duas mulheres.

O Diário do Aço apurou que o crime foi no começo da madrugada desse sábado, quando as vítimas, uma mulher de 37 e outra de 39, relataram que saíram de um bar na avenida Monteiro Lobato e entraram em um Hyundai HB20 para irem embora.

Nesse momento entrou também um criminoso, que de posse de uma arma de fogo determinou que as mulheres seguissem sentido ao bairro Ipaneminha. Ao chegar à área rural, o assaltante mandou que a motorista, de 37 anos, enterrasse o seu celular, que era da Apple e, portanto, rastreado.

Em seguida o assaltante assumiu a direção do veículo e ameaçou matar as vítimas. Perguntou onde moravam, pois queria algo de valor. Uma das mulheres disse que tinha apenas um notebook, em casa.

O assaltante voltou para Ipatinga, levou as vítimas ao endereço indicado, manteve uma mulher como refém e mandou que outra buscasse o equipamento.

Depois, o assaltante circulou por alguns bairros de Ipatinga, informando que procurava uma vítima para atacar, preferencialmente uma mulher que estivesse em uma motocicleta, para que ele pudesse fugir.

No bairro Cariru o assaltante decidiu atacar em um trailer de lanches, entre a avenida Itália e avenida das Nações, onde rendeu S.J.O, de 21 anos.

Apontando a arma para a vítima, exigiu que fosse repassada a chave de uma motocicleta Yamaha YBR 150 Factor, placa QPN-0179. O assaltante montou na moto e fugiu sentido ao Centro de Ipatinga, levando um telefone celular e R$ 50 de uma das mulheres. Decidiu deixar para trás o notebook. A polícia foi acionada e fez rastreamentos, sem localizar o ladrão.

As vítimas relataram que o assaltante tem baixa estatura, pele morena escura, bigode e barba rala, cabelos curtos e aparenta ter entre 30 e 35 anos. Vestia calça jeans, camisa listrada preto e amarelo e chinelo havaianas. Usava um revólver pequeno, provavelmente calibre 22. O caso ainda é investigado.

Comentários

Curto e Franco 15 de Janeiro, 2019 | 08:47
sr generoso , seu comentario e totalmente idiota , todo cidadao tem o direito de ir e vir pra qualquer lugar que seja , nao importa a hora , divertimento faz parte do cidadao que trabalha e paga seus impostos , ninguem tem que ficar preso hem casa porque tem bandido na rua nao , a segurança e obrigaçao do estado , e dos politicos que nao mudao as leis .
Sabonete 15 de Janeiro, 2019 | 08:34
CALA BOCA MAGDA..!!! QUANTOS COMENTÁRIOS IMBECIS...TODOS NÓS TEMOS O DIREITO DE SAIR A HORA QUE BEM ENTENDERMOS....QUEM NÃO TEM O DIREITO DE SAIR ASSALTANDO, SÃO ESSES VAGABUNDO NOIADOS DO CAPETA.....NA REALIDADE QUALQUER UM PODERIA TER SIDO A VÍTIMA....TANTO QUE ELE ROUBOU A MOTO NO BAIRRO CARIRU..!!....OUTRA COISA...DIA DESSE...TIVE QUE SAIR DE CASA AS 02:00 HS NA MANHÃ PARA IR NA FARMÁCIA QUE FICA DE PLANTÃO NA AV: 28 DE ABRIL....QUER DIZER SE EU FOSSE ASSALTADO A CULPA SERIA MINHA...?? OQUE QUE EU FUI FAZER EM UMA FARMÁCIA AS 02:00 HS DA MANHÃ...?? TEMOS DIREITO SIM ...DE IR E VIR....!! O PROBLEMA SÃO AS NOSSAS LEIS QUE SÃO ULTRAPASSADAS....E A VAGABUNDAGEM PERDEU O TEMOR PELA POLÍCIA.....
Generoso 15 de Janeiro, 2019 | 01:31
Talvez se realmente estivesse indo pra casa na hora certa nao peranbulando altas horas embriagando cara cheia pagando de celebridade nada disso teria ocorrido deram foi sorte que nao aconteceu nada de ruim estupro mutilação pancadas raspa o cabelo e o pior de tudo colocaram a vida de terceiros em risco imagina o meliante leva elas em casa faz abrir a casa sorte delas poderiam ter surpreendido o marido dormindo filhos pais ou alguém desse tipo egoísmo da parte delas se for pra se ferrar tem que se ferrar sozinho e vendo como está o andamento da cidade que o crime está avançando cada dia a mais fica dando bandeira pra rua a fora altas horas ainda elas estão meio desatualizadas de jornais so pode saem mais Britney 's kkkkkkkk
Sebastio Fernandes da Costa 14 de Janeiro, 2019 | 20:58
Quanta bobagens! Comentarios que não tem nada a ver com o caso.
Boneca 14 de Janeiro, 2019 | 08:33
Fica REVOLTADO não colega REVOLTADO, hoje nos mulheres nos bancamos, não dependemos de "macho". Coitada da sua companheira deve ter que ficar em casa lavando e passando ne? Ridículo certos comentários.
Dona Maria 14 de Janeiro, 2019 | 08:07
Quanto machismo no comentário acima!! Mulheres vão aonde elas quiserem e fazem o que bem entendem desde que não dependam de machos frustados e derrotados. Bote uma coisa na sua cabeça: A CULPA NÃO É DA VÍTIMA!!! Como você mesmo disse nada justifica, por isso seu comentário infeliz deveria ter terminado por ai. Preguiça de macho frustado!
Sargento Garcia 14 de Janeiro, 2019 | 05:15
Ipatinga assim como outras cidades enfrenta a escalada da violência. E preciso atenção ao sair à noite. As duas vítimas deram mole pro bandido. Sorte delas não ter acontecido algo pior.
Revoltado 13 de Janeiro, 2019 | 21:57
Nada justifica. Mas é isso que dá essas mulher ficar igual macho beberão até altas horas da madrugada bebendo. Pagando de vida loka ao invés de perceber que Ipatinga tá perigoso. Se tivesse de boa em casa não dava nada
Zoio de Zoiar 12 de Janeiro, 2019 | 23:11
No meu tempo tinha ROTA na rua.
Maluf;Paulo.
Brincadeiras a parte, eu me orgulho da PM, mesmo com salário atrasado e sem 13, essa instituição gloriosa tem feito muito em Ipatinga.
Meus parabéns a cada PM do Vale do Aço.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO