Secretaria de Educação orienta acerca do novo currículo

De acordo com o documento, o ano de 2019 será de transição e as mudanças na matriz curricular serão implantadas apenas em 2020



A Secretaria de Estado de Educação (SEE) encaminhou para as Superintendências Regionais de Ensino (SREs) e escolas da Rede Estadual um ofício com orientações acerca da implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e do Currículo Referência de Minas Gerais. De acordo com o documento, o ano de 2019 será de transição e as mudanças na matriz curricular serão implantadas apenas em 2020.

“Este será um ano de estudo e preparação. As escolas ainda não vão modificar a sua matriz, permanecem como estão. Vamos nos dedicar à formação dos professores, ao estudo do documento e ao processo de reelaboração dos projetos pedagógicos, para que em 2020 ele esteja efetivamente na sala de aula”, ressalta a coordenadora estadual de Currículo, Geniana Faria.

A secretaria já está organizando o processo de formação dos profissionais, que será ofertado pela Escola de Formação da SEE. Também será criado um cronograma de ações. “Vamos fazer esse movimento junto com as escolas para elas fiquem sabendo de todo processo”, conclui Geniana.

Segundo a SEE, o Currículo Referência de Minas Gerais é resultado de um ano de trabalho em regime de colaboração entre a SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Seccional Minas Gerais (Undime-MG). Ele foi homologado no final do ano passado.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO