Ecosport é prensado sob camihão e três pessoas morrem na BR-040

Carreteiro também saiu ferido e foi levado por equipe de resgate para o Hospital João XXIII

Uma colisão que envolveu um Ford Ecosport e um caminhão caminhão bitruck com placas de Contagem, carregado com materiais de siderurgia, tirou a vida de três pessoas, na manhã desta terça-feira (24), no km 566 da BR-040, em Nova Lima.

O Corpo de Bombeiros informou que o motorista do caminhão foi socorrido por uma equipe de resgate e encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Os ocupantes do ve´ciulo de passeio não resistiram e morreram.

A colisão do Ecosport placas HMQ 2980, de Conselheiro Lafaiete, e o caminhão ocorreu pouco antes das 7h. As causas do acidente ainda serão apuradas, mas testemunhas afirmam que o Ecosport invadiu a contramão de direção. O caminhoneiro tentou desviar, mas o veículo de carga foi atingido frontalmente.

“Um Ecosport foi fazer uma ultrapassagem. Eram duas faixas e ele estava dentro do permitido. Infelizmente, o condutor de um segundo caminhao envolvido não viu a ultrapassagem, o fechou e acertou a lateral. Com isso, o Ecosport invadiu a via contrária, onde veio a se chocar com outro caminhão”, explicou o tenente Sérgio Magalhães, do Corpo de Bombeiros.

O tenente Magalhães acrescentou que as vítimas são um homem de 36 anos, uma mulher de 32 e um adolescente. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML). O condutor do caminhão atingido fraturou um dos pés. Já o motorista do primeiro caminhão que atingiu o carro, não se feriu.

Divulgação CBMMG

Acidente aconteceu no trecho da BR-040 em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Nelson Morais 24 de julho, 2018 | 14:30
Dois problemas com a terceira faixa. Primeiro alguns caminhoneiros sem educação, insistem em ultrapassar outros caminhões. Às vezes carregados e pesados não conseguem uma ultrapassagem rápida e ficam minutos emparelhados impedindo os carros menores e seguir em frente. Acaba a terceira faixa e os carros pequenos ficam à mercê de outra oportunidade para uma ultrapassagem segura. Falta cidadania à maioria dos caminhoneiros e doa a quem doer essa verdade. Vocês, senhores, não são os donos da estrada. OUTRO PROBLEMA: A terceira faixa é estreita. As ultrapassagens são feitas em um corredor com veículos em alta velocidade no sentindo contrário. O risco é enorme e, no caso dessa notícia, terminou em morte. Que fique o exemplo a todos que vão pegar as estradas.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO