Cavalo morre atropelado por trem e homem tem mão amputada

Jovem de 19 anos cavalgava à beira da Estrada de Ferro Vitória a Minas, quando foi atingido por composição

Um homem saiu gravemente ferido de um acidente com um trem de minério. A ocorrência foi registrada por volta das 16h de domingo, na linha férrea sobre a ponte do bairro Saraiva, no município de Rio Piracicaba. Joao Vitor Monteiro de Castro Ventura, 19 anos, foi hospitalizado com ferimentos variados e a mão esquerda amputada.

Conforme relato de testemunhas, João voltava de uma cavalgada, em uma montaria e tentou passar pela ponte à margem da estrada de ferro Vitória a Minas. O animal pode ter se assustado com os vagões e ao tentar voltar foi violentamente atingido pela composição ferroviária. O cavalo morreu na hora. João teve uma das mãos amputada na linha férrea.

Equipes do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor) e da Polícia Militar tiveram que retirar o cavaleiro que estava prensado debaixo do animal morto e gritando por socorro. Em seguida, a vítima foi encaminhada para o Hospital Margarida.

Ainda conforme testemunhas o acidente aconteceu depois da passagem da locomotiva, sem que o maquinista da Vale tivesse contato visual com o acidente. Por isso, o trem não parou no local do acidente e foi identificado posteriormente no levantamento feito pela Polícia Militar junto à empresa concessionária da ferrovia.

Enviada para o WhatsApp Diário do Aço 31 99866 9030

Jovem de 19 anos foi socorrido a mão esquerda decepada; o cavalo que montava morreu

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO