Argentina escapa da eliminação e agora vai enfrentar a França

O jogo será no sábado, às 11h, em Kazan

FIFA/Divulgação


Messi “acordou” contra a Nigéria e foi decisivo para a classificação da Argentina

Lionel Messi finalmente acordou a tempo de para salvar a Argentina de uma eliminação precoce na Copa do Mundo da Rússia. O camisa 10 do Barcelona não reeditou suas melhores jornadas, mas jogou o suficiente para fazer a diferença e levar a seleção portenha à vitória diante da Nigéria por 2 a 1 e assumir a segunda vaga do Grupo D. Com esse definição, a Argentina vai encarar nas oitavas de final a França, que ficou em primeiro lugar no Grupo C. O jogo será no sábado, às 11h, em Kazan.

A Argentina soube dar a volta por cima no clima de pressão e desânimo após a goleada imposta pela Croácia. Em jogo realizado em São Petersburgo, Messi fez o primeiro gol aos 13min, Moses empatou de pênalti para os nigerianos e Rojo definiu a vitória aos 40 do segundo tempo.

Messi, além de se movimentar mais e articular boas tabelas com Higuaín e Di María, ainda cobrou uma falta com categoria, e a bola explodiu na trave esquerda de Uzoho.

Monotonia

Em um jogo em que o empate servia para os dois, Dinamarca e França ficaram no 0 a 0, no Estádio de Luzhniki, em Moscou. Os franceses mantiveram o primeiro lugar no Grupo C da Copa do Mundo, e os dinamarqueses ficaram na segunda colocação.

Os torcedores não gostaram do comodismo dos dois times, que caracterizam o chamado “jogo de compadres”.
Agora, a França enfrentará a Argentina sábado, às 11h (de Brasília), em Kazan. Já os dinamarqueses vão jogar no domingo contra a Croácia, às 15h, em Nizhny Novgorod.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO