Alfândega da Receita Federal faz maior apreensão de cocaína do Porto de Santos

O entorpecente estava escondido dentro de três contêineres com cargas distintas

Ascom/Receita Federal


Essa foi a sexta apreensão desde o início do ano

A Alfândega da Receita Federal do Brasil fez hoje (23) a maior apreensão de cocaína do Porto de Santos. A Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) da alfândega detectou a tentativa de envio de aproximadamente duas toneladas da droga ao exterior.

O entorpecente estava escondido dentro de três contêineres com cargas distintas: café, proteína de soja e açúcar. A droga apreendida foi entregue à delegacia de Polícia Federal de Santos, que irá dar continuidade às investigações.

Essa foi a sexta apreensão desde o início do ano. A receita já apreendeu em 2018 cerca de 2,8 toneladas de cocaína. Em outubro do ano passado, já havia sido feita outra grande apreensão da droga. Na ação, que contou com a participação da Aduana Francesa, foi feita a captura de 32 bolsas com, aproximadamente, 936 kg de cocaína. De acordo com a Receita Federal, ao longo de 2017 foram apreendidas quase 10 toneladas da droga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO