Anastasia será candidato ao Governo de Minas

Após muita resistência, decisão ocorreu na noite desta sexta-feira (16)

Fábio Pozzebom/ Agência Brasil


Após muita resistência, Anastasia decidiu na noite desta sexta-feira (16)
Após muita resistência, o senador Antonio Anastasia aceitou ser o candidato do PSDB ao governo de Minas Gerais nas eleições deste ano. A decisão ocorreu na noite desta sexta-feira (16). Ele ligou para cada um dos deputados das bancadas federal e estadual do partido para anunciar sua decisão, alguns parlamentares até mesmo foram pegos de surpresa. Com a resposta positiva do tucano, a sigla torna-se de novo protagonista no processo eleitoral.

O deputado estadual João Vítor Xavier confirmou a informação para a reportagem e disse ainda que Anastasia autorizou que sejam iniciadas as conversas com legendas que historicamente foram aliadas ao PSDB. Isso, inclusive, coloca em dúvida a pré-candidatura do deputado federal Rodrigo Pacheco ao comando do Estado pelo DEM. Ele saiu do MDB vai se filiar ao partido na próxima segunda-feira. Contudo, membros da legenda já haviam dito anteriormente que, se o senador fosse candidato, o DEM iria apoia-lo.

“O senador ligou agora a pouco confirmando a sua decisão de disputar o governo do Estado de Minas Gerais. Ele está colocando o seu nome à disposição do partido e dos partidos aliados para que possamos formar um grande campo de convergência para a eleição. Ele autorizou para que o partido abra conversações com outros partidos aliados para que possamos formar uma grande frente para a disputa pela eleição. E agora será o momento de trabalharmos para construirmos essa unidade com os partidos que fazem parte historicamente do nosso campo político”, contou João Vítor Xavier.

Até o início da noite dessa sexta-feira (16) a informação de pessoas próximas a ele era de que o senador estava mais suscetível a ser candidato, mas que somente tomaria essa decisão em abril, após voltar de uma viagem internacional à Suíça. Ele embarca na próxima quinta-feira para Genebra para representar o Senado na 138ª Assembleia da União Interparlamentar.

A pressão para que Anastasia aceitasse entrar na disputa pela cadeira do Palácio da Liberdade ocorreu em pelo menos três frentes. A primeira é que um nome do PSDB no Estado ajuda a pré-candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à Presidência. A segunda é a possibilidade de aumentar as chances da sigla de atrair mais partidos para eleger mais deputados. Por isso, as bancadas já havia anunciado ao senador que se ele não aceitasse ser candidato, poderia ocorrer uma debandada no ninho tucano durante a janela de troca partidária.

No entanto, pessoas próximas de Anastasia dizem que o fator que mais o levou a pensar em concorrer ao cargo hoje ocupado por Fernando Pimentel (PT) refere-se às questões municipalistas. O tucano recebeu diversos apelos de prefeitos para que fosse candidato. A principal queixa é quanto a atrasos, por parte do Estado, no depósito de diversas verbas.

(Com informações: O Tempo)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Maria de Fátima Gazolla 20 de março, 2018 | 21:14
#foraanastasia🤮
Gildázio Garcia Vitor 17 de março, 2018 | 16:48
Como funcionário público do magistério durante as gestões dele e do "Aé sim" e os seus "choques", não tenho saudade nenhuma. Com o Pimentel a coisa também não está fácil, mas pelo menos os salários dos professores estão um pouco melhores. Mais de 230,00 reais acima do município de Ipatinga, não é muita coisa, mas se multiplicar por 13, faz diferença. Será que todos os cidadãos do Vale do Aço sabem que o 1º suplente do "Anestezia" é o Dr. Alexandre ... Quem?!
Adriana 17 de março, 2018 | 10:23
Agora sim MG voltará a ter um governador de verdade. Infelizmente o Sr. Pimentel não fez o que prometeu e fez MG andar para trás.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO