Minas registra maior incidência de raios neste início de semana

O levantamento aponta 12.894 (16%) raios registrados no estado mineiro

Marcello Casal Jr/Agência Brasil;


É nesta época que mais pessoas morrem atingidas por raios no Brasil, cerca de 45% das mortes por raio são no verão
O Núcleo de Monitoramento de Descargas Atmosféricas registrou cerca de 180 raios por hora em todo Estado de Minas Gerais entre o fim da noite de domingo (4) e a madrugada desta segunda-feira (5). Segundo dados do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (USP), no domingo (4), Minas foi o Estado com maior incidência de raios.

O levantamento aponta 12.894 (16%) raios registrados no estado mineiro. Na sequência, aparece o Mato Grosso com 12.134 (15%) e, na terceira posição, está o Tocantins com 11.869 raios, o que também representa 15%.

Entre os quatro estados do Sudeste, os 12.894 raios em Minas Gerais representam 74% da incidência. São Paulo vem atrás com 2.243 raios (13%); Rio de Janeiro com 1.651 (9%) e Espírito Santo com 865 (9%).

Apesar do susto, trovões e raios são típicos do verão, de acordo com o TempoClima Puc Minas e devem continuar nos próximos dias. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), é nesta época que mais pessoas morrem atingidas por raios no Brasil, cerca de 45% das mortes por raio são no verão, estação que começa no dia 21 de dezembro e vai até 20 de março.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) faz alerta, em seu site, sobre os cuidados que devem ser tomados durante tempestades.

Entre as instruções para quem estiver dentro de casa estão: não tome banho ou utilize a torneira elétrica durante as tempestades; evitar contato com qualquer objeto que possua estrutura metálica, como fogões, geladeiras, torneiras, canos, entre outros; evitar ligar aparelhos e motores elétricos, para não queimar os equipamentos; afastar-se das tomadas e evite usar o telefone; desconectar as tomadas de aparelhos eletrônicos; permanecer dentro de casa até a tempestade terminar; desligar os fios de antenas dos aparelhos.

Já para aqueles que estiverem fora de casa as recomendações são as seguintes: evitar contato com cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefônicas e de energia elétrica ou com qualquer objeto metálico; afastar-se de tratores e outras máquinas agrícolas, motocicletas, bicicletas, carroças, campos abertos, pastos, campos de futebol, piscina, lagos, lagoas, praias, árvores isoladas, postes, mastros e locais elevados; permanecer dentro de seu veículo, caso ele tenha teto de estrutura metálica.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO