Supermercados mineiros crescem 0,47% nas vendas em janeiro

Esse resultado é normal, devido à base alta em dezembro ocasionada pelas vendas do Natal e ano-novo

Reprodução


Embora pareça um resultado modesto, o número é um bom início para o setor, que projeta crescer 2,8% em 2018

Em janeiro deste ano, sobre o mesmo mês de 2017, as vendas do setor supermercadista em Minas Gerais apresentaram crescimento real, deflacionado pelo IPCA/IBGE, de 0,47%. O desempenho é apontado pelo Termômetro de Vendas, pesquisa da Associação Mineira de Supermercados (AMIS), com empresas de todos os portes em todo o Estado.

Embora pareça um resultado modesto, o número é um bom início para o setor, que projeta crescer 2,8% em 2018.

Esse crescimento, além da expansão natural com os investimentos no segmento, mostra também que a recuperação da economia com a melhora no nível de ocupação do consumidor já vem refletindo no consumo das famílias

Na comparação de janeiro/18 com dezembro/17, houve retração de 19,83%. Esse resultado é normal, devido à base alta em dezembro ocasionada pelas vendas do Natal e ano-novo.

Além disso, janeiro é o período em que grande parte das famílias está em férias fora do estado. Outro fator que influencia nesse sentido são as despesas tradicionais como IPVA e IPTU, que comprometem mais a renda disponível do consumidor.

Divulgação



Páscoa

Os empresários apostam agora na sazonalidade da Páscoa. A expectativa é de que as vendas sejam melhores do que ocorreu no ano passado em itens típicos como ovos de chocolates e em outros formatos como barras e bombons. A linha de pescados e ingredientes também deve apresentar resultados superiores ao que foi verificado ano passado.

A projeção é de que a Páscoa de 2018 eleve a venda em 5,3%, sobre a Páscoa do ano passado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO