Motociclista fura cerco policial e é abatido a tiros, na região do Caparaó

Ao jogar sua motocicleta contra um dos PMs na blitz, ele foi baleado e caiu no acostamento já sem vida

Reprodução: Portal Caparaó


Ao jogar sua motocicleta contra um dos PMs na blitz, ele foi baleado e caiu no acostamento já sem vida
Um homem de 35 anos foi morto na tarde desta sexta-feira ao tentar furar o bloqueio de policiais militares rodoviários na LMG-838, em Manhuaçu, nna região do Caparaó. Ao jogar sua motocicleta contra um dos PMs na blitz, ele foi baleado e caiu no acostamento já sem vida. O policial disse que sua arma disparou ao ser atropelado.

A operação da PMRv ocorria na estrada entre Vila Formosa e Ponte do Silva, Zona Rural de Manhuaçu. Era uma blitz de rotina e o motociclista ao se aproximar não respeitou o sinal de parada, segundo contaram os militares.

À PM, testemunhas disseram que o homem estava em fuga, depois de praticar um roubo na Vila Formosa. Com ele ainda foram encontrados dois aparelhos de telefone celulares, e a polícia apura se lhe pertenciam ou se são de vítimas dele. O caso agora será apurado pela Polícia Civil local. O PM que atirou foi levado para o batalhão e sua arma apreendida.

(Com informações: EM)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Minha Opinião 22 de janeiro, 2018 | 20:19
Che Que Vara?, Concordo plenamente!
Che Que Vara? 20 de janeiro, 2018 | 15:30
Não era motociclista, na verdade era só um ladrão vagabundo...

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO