Empresários das regiões do Vale do Aço e Rio Doce formam caravana para a Superminas

Divulgação


A Superminas recebe, anualmente, acima de 50 mil pessoas
Empresários de todos os portes, mas com grande presença de pequenos negócios, nas regiões do Vale do Aço e Rio Doce, estão preparando caravanas para participar do maior evento do varejo realizado no Brasil no segundo semestre. Trata-se do Congresso e Feira Supermercadista e da Panificação (Superminas Food Show/2017), nos dias 17, 18 e 19 de outubro, no Expominas, em Belo Horizonte.

São formadas caravanas de empresários, executivos e compradores em todas as regiões mineiras. O que esses participantes procuram no evento? As últimas novidades em tecnologia, produtos alimentícios, especialmente voltados para a saúde do consumidor; tendências de mercado e uma grade de palestras com grandes nomes do varejo no Brasil e lideranças de vários segmentos.

A Superminas recebe, anualmente, acima de 50 mil pessoas. Neste ano, a expectativa dos organizadores, a Associação Mineira de Supermercados (AMIS) e do Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão), é de superar o sucesso de público de 2016, de 53,5 mil participantes. Além de representantes de aproximadamente 650 cidades mineiras, o evento recebe empresários de todos os estados brasileiros e de vários países. No ano passado, a feira movimentou cerca de R$ 1,7 bilhão em negócios, com a presença de 430 expositores. A Superminas é composta ainda de rodada internacional de negócios; espaço internacional e promoção de incentivo às compras.

O evento reúne dois importantes setores da economia do estado e dos maiores em número de lojas. Ao fim deste ano, os supermercados mineiros devem totalizar 7.163 lojas e faturamento de R$ 34,5 bilhões. Soma-se a esses números, o potencial do setor de panificação representado por mais de 14 mil lojas em todo o estado e um faturamento de R$ 8,6 bilhões em 2016. Com a união dos dois setores em um único evento, a Superminas representa diretamente, 21,1 mil pontos de vendas em Minas e um faturamento de R$ 42,6 bilhões em números de 2016.

Fornecedores
A grande novidade da Superminas em 2016 também fará parte da exposição deste ano. É o Circuito Mineiro de Compras Sociais (CMCS), um espaço destinado a pequenos fornecedores da agricultura familiar ou pequenas indústrias que tiveram a oportunidade para expor seus produtos no evento. O CMCS é uma parceria com o governo mineiro por meio da Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif). O Sebrae-MG apoia a Superminas na captação dessas empresas de pequeno porte, que devem ter presença ainda maior no evento neste ano. Todas as informações sobre a Superminas 2017, como inscrições, programação e melhores meios de transportes estão disponíveis em www.superminas.org.br



Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO