Seminário de Agricultura Familiar

Ações ambientais da Cenibra visam o bem estar das comunidades

ACS Cenibra


O instituto Cenibra investe na agricultura familiar
A Escola Municipal Professora Conceição Martins da Silva, em Cordeiro de Minas (Caratinga- MG), sediou na semana passada o 1º Seminário da Agricultura Familiar. Realizado pela Associação dos Moradores e Agricultores de Cordeiro de Minas (AMAC), em parceria com o Instituto Cenibra, Prefeitura Municipal de Caratinga, Emater-MG, Fetaemg, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Previdência Social/Agência Caratinga e Polícia Militar de Minas Gerais.

O evento teve participação de especialistas da Universidade Federal de Viçosa, Emater e Secretaria Municipal de Agricultura, que ministraram oficinas de hortaliças, palmito pupunha, fruticultura e culturas diversas, como a cana, milho, pimenta do reino etc. E também palestras sobre Trabalhador Rural e Previdência Social; Culturas agrícolas e respectivas potencialidades, Sustentabilidade Ambiental.

Parcerias
Por meio de contratos de parceria rural com os municípios e sindicatos de trabalhadores rurais, a Cenibra disponibiliza áreas de cultivo aos pequenos produtores, com orientação técnica da Empresa de Assistência Técnica Rural do Estado de Minas Gerais (Emater).

“Atualmente, o Instituto Cenibra mantém áreas em Belo Oriente, Caratinga, Coluna, Ipaba, Santana do Paraíso e Virginópolis. São cerca de 290 hectares que beneficiam aproximadamente 390 famílias através do plantio de hortaliças, milho, leguminosas e feijão.

Cenibra cede a área da empresa com o objetivo de gerar alternativas de trabalho a produtores rurais, promovendo a fixação do homem no campo, além de contribuir para o requerimento da aposentadoria”, informa a Coordenadora de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais, Leida Hermsdorff Horst Gomes, também responsável pelo Instituto Cenibra.

A Prefeitura de Caratinga, o Instituto Cenibra e a Associação dos Moradores e Agricultores de Cordeiro de Minas (AMAC) firmaram parceria para o Projeto de Agricultura Familiar no distrito, beneficiando cerca de 90 famílias da localidade, que cultivarão os 46,48 hectares cedidos pela Cenibra nos próximos três anos. Os agricultores familiares receberão suporte técnico e material da Prefeitura de Caratinga e da AMAC para a produção de cereais e leguminosas, dentre outras culturas.

ACS Cenibra


O Escola de Vida cria multiplicadores de boas práticas ambientais
Ecologia e saúde integral na Escola de Vida
O Campus Piau da Rede de Ensino Doctum, em Caratinga, sediou recentemente o terceiro módulo de capacitação do Projeto Escola de Vida, com o tema Ecologia e Saúde Integral. Na ocasião, foram realizadas dinâmicas e interpretações de textos temáticos para promover a reflexão e prospecção de estratégias de ensino de forma a potencializar o relacionamento do ser humano com o meio ambiente de forma integrada.

Participaram do evento 130 professores da rede pública de ensino de Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Córrego Novo e Pingo D´Agua.

Por meio de uma parceria da Cenibra com a Fundação Relictos, o projeto é desenvolvido ao longo do ano com professores do 1º ao 5º ano das séries iniciais do ensino fundamental das escolas localizadas nos municípios de atuação da empresa, por meio da discussão e desenvolvimento de conceitos sobre o meio ambiente e métodos de sensibilização e divulgação junto aos estudantes.

A iniciativa dissemina a consciência ambiental e a valorização da natureza, atuando em sintonia com questões ambientais contemporâneas, tais como a prevenção e combate a incêndios florestais, e a gestão de recursos hídricos.

“A Educação Ambiental é um dos pilares de uma sociedade sustentável. Cientes disso, diversas empresas e instituições promovem ações para consolidar os conceitos e comportamentos responsáveis de forma a garantir equilíbrio entre o desenvolvimento humano e a conservação dos recursos naturais.

O Escola de Vida há 21 anos gera frutos sustentáveis neste sentido. No total, foram 2.268 professores formados nestes anos de sucesso, com 431 escolas envolvidas” declara Leida Hermsdorff Horst Gomes, Coordenadora de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais.

ACS Cenibra


O plantio de mudas nativas auxilia na recuperação das nascentes
Recuperando nascentes em Periquito
O Instituto Cenibra, em parceria com a Administração Municipal de Periquito (MG), iniciou um trabalho de recuperação de nascentes no município, o que inclui a construção de fossas sépticas e adequações para promover a proteção do lençol freático que abastece a sede (nascente e entorno do Córrego Tavares) da região.

O Programa “Melhoria da Qualidade e Quantidade de Água”, em parceria com o Instituto, terá duração de quatro anos e envolverá outras ações de preservação e educação ambiental. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura conduzirá o programa com apoio do Instituto Cenibra, com suporte técnico para transferência de tecnologia em preservação ambiental.

Inicialmente a Prefeitura mapeou as nascentes e fossas sépticas, assim dimensionando a demanda por recursos e materiais para a execução do trabalho. Depois o Instituto Cenibra cedeu parte do material necessário para o cercamento de nascentes e construção de quatro fossas sépticas.

“Com o projeto, pretendemos sanar o problema de escassez de água que Periquito vem sofrendo, além de trazer mais natureza e consciência ambiental ao município”, diz o prefeito de Periquito, Geraldo Godoy.

“Acredito em parcerias igualitárias, onde todos se esforçam como podem para contribuir com o bem comum de forma responsável, potencializando o desenvolvimento local, protegendo os recursos naturais” conclui Leida Hermsdorff Horst Gomes, Coordenadora de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais, também responsável pelo Instituto Cenibra.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO