Lucimar Moura recebe a medalha olímpica e é recebida com festa em Ipatinga

Atletas, familiares e amigos foram recepcionar a atleta da Usipa, no aeroporto regional do Vale do Aço, na manhã de hoje

Divulgação

Lucimar será alvo de uma calorosa recepção amanhã

A história do esporte usipense ganha um novo capítulo, com a entrega (tardia) da medalha olímpica a Lucimar Aparecida de Moura. A jovem que começou no atletismo aos 16 anos – correndo descalça na pista da Usipa – viajou ao Rio de Janeiro para ser agraciada, ontem, com a medalha de bronze, referente às Olimpíadas de Pequim (2008).

Lucimar voltou para casa nesta sexta-feira (31), com um sorriso no rosto, a medalha no peito e a sensação de dever cumprido. Ao lado de Rosângela Santos, Thaíssa Presti e Rosemar Coelho Neto, a timoteense herdou a terceira colocação da prova.

O desembarque ocorreu no Aeroporto Regional do Vale do Aço, às 9h20 de hoje, em meio a uma recepção animadíssima. Atletas, amigos, autoridades, comunidade e funcionários da Usipa preparam uma calorosa recepção.

O presidente do clube Sanzio Figueiredo, o prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão, o vereador Adiel Oliveira, o secretário Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlos Oliveira, além do Secretário Municipal de Ação Social, José Osmir, confirmaram presença.

Segundo o gerente de esportes da Usipa, Nilson Moura de Oliveira, um caminhão do Corpo de Bombeiros estará à disposição da atleta para a celebração do bronze olímpico. “Faremos uma carreata pela cidade. Lucimar estará no caminhão e dois ônibus com atletas do clube irão acompanhá-la. Será um momento festivo! Ela é a primeira medalhista olímpica no Atletismo Mineiro e da Usipa. Merece uma recepção à altura do seu feito!”, resume Nilson Moura.

Após o desfile percorrendo ruas do Centro, Veneza I, Caravelas, Jardim Panorama, Iguaçu, Ideal e Horto, Lucimar receberá homenagens na Usipa e depois concederá coletiva à imprensa.
Wôlmer Ezequiel


Recepção montada no aeroporto regional do Vale do Aço, para receber atleta timoteense


Carreira vitoriosa

Lucimar, de 43 anos, foi campeã mineira, vice-campeã mundial universitária, brasileira Sub-16 e Adulto. Além disso, conquistou a medalha de prata, correndo os 200m nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, no Canadá.  Ela é ex-recordista sul-americana e brasileira nos 100m, 200m e revezamento 4x100. Também já esteve entre as 12 melhores mulheres do ranking mundial, na prova de 100m rasos.

Oito anos após o quarto lugar na prova de Revezamento 4x100, Lucimar ostenta no peito a medalha olímpica. Com a comprovação de dopping das russas, nas Olimpíadas de Pequim (2008), a equipe brasileira herdou o bronze olímpico. “O quarto lugar ficou para trás e a frustração também. Agora é o momento de comemorar! Estou colhendo os bons frutos da minha carreira. Eu sou medalhista olímpica!”, comemora a atleta.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO