O que seria o Vale do Aço sem a EFVM?

Estrada de Ferrovia Vitória a Minas completa 111 anos de operação


Nesta quarta-feira, dia 13 de maio, a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) completa 111 anos de operação. Considerada uma das ferrovias mais produtivas e seguras do mundo, por seus trilhos passam cerca de 40% de toda a carga ferroviária do país, como minério de ferro, grãos, produtos siderúrgicos, celulose, toretes de madeira e soja, entre outros. Somente no ano passado, a ferrovia transportou 119 milhões de toneladas.



Além do transporte de cargas, a Vitória a Minas opera também o único trem de passageiros diário do país que percorrer longas distâncias, ligando Cariacica, na Região Metropolitana da Grande Vitória, no ES, à capital mineira Belo Horizonte. Somente no ano passado, quase um milhão de pessoas viajaram pelos trilhos da ferrovia Vitória a Minas. Desse total, 168 mil passageiros embarcaram na estação Pedro Nolasco, em Cariacica (ES), com destino a Minas Gerais. Outras 168 mil pessoas chegaram ao ES por meio do transporte ferroviário no ano passado.



Na estação de Belo Horizonte, o volume de pessoas que embarcou com destino ao litoral capixaba chegou a 231 mil passageiros.  A capital mineira, por sua vez, recebeu mais de 213 mil pessoas em 2014, que chegaram à cidade pelo Trem de Passageiros da ferrovia Vitória a Minas.



Já em Governador Valadares, o total de embarques foi de mais de 137 mil pessoas, enquanto os desembarques chegaram a 141.074. A movimentação de passageiros na estação Intendente Câmara, em Ipatinga, cidade localizada no Vale do Aço, envolveu mais de 88 mil embarques e cerca de 89.600 desembarques.



Novo Trem 

Divulgação Vale


Ferrovia Vitória a Minas completa 111 anos de operação



Com o passar dos anos, as operações da Estrada de Ferro Vitória a Minas foram modernizadas para aumentar a eficiência, a capacidade, a produtividade e a segurança, essa última trabalhada pela Vale por meio de ações de conscientização realizadas junto às comunidades situadas ao longo da ferrovia durante todo o ano.



Como parte desses investimentos, em agosto do ano passado, a Vale colocou em operação o Novo Trem de Passageiros. A renovação da frota visa garantir mais conforto e comodidade aos passageiros que utilizam o transporte ferroviário diariamente. Fabricados na Romênia, os novos vagões, um total de 56, obedecem a padrões europeus de qualidade. Além dos carros executivos e econômicos, a composição conta ainda com vagões-restaurante, lanchonete, gerador e cadeirante (destinado a pessoas com dificuldade de locomoção).



Estrada de Ferro Vitória a Minas em números



905 km de extensão entre o ES e MG

119 milhões de toneladas transportadas em 2014

664 km é o percurso completo do Trem de Passageiros

1 milhão de passageiros transportados por ano (média histórica)

30 pontos de embarque e desembarque de passageiros

42 municípios atendidos pelo Trem de Passageiros



 



[[##752##]]


Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO