Bombeiros de Ipatinga elevado à 3ª Companhia Independente

A solenidade que marcou a elevação da unidade foi realizada nessa quarta-feira (4)


DA REDAÇÃO - O Corpo de Bombeiros de Ipatinga responde a partir de agora como 3ª Companhia Independente. A solenidade que marcou a elevação da unidade foi realizada nessa quarta-feira (4), no pátio da sede da corporação, na área central de Ipatinga.



Criado em 1978 como Unidade de Combate a Incêndio, o Corpo de Bombeiros passou por diversas etapas até chegar à condição de Companhia. Para o novo comandante, capitão Nunes Alessandro, a solenidade foi um marco histórico. “Desde 22 de junho de 1978, quando vieram os primeiros Bombeiros Militares, havia o sonho de se tornar independente. Hoje é a realização desse sonho”, pontuou.



Com um efetivo de 223 militares, a Companhia será responsável por ações em 85 cidades da região. Estão subordinados à unidade os seguintes Pelotões: 1° de Ipatinga; 2° de Manhuaçu; 3° de Coronel Fabriciano; 4° de Itabira; 5° de Timóteo e o 6° de Caratinga.



O Corpo de Bombeiros de Ipatinga deixa de ser subordinado ao 6º Batalhão de Governador Valadares. A unidade passa a ter a possibilidade de tomada de decisões independentes. A relação também passa a ser direta com o comando geral da corporação, em Belo Horizonte.



O comandante-geral dos Bombeiros Militares em Minas Gerais, coronel Luiz Henrique Gualberto, destacou que a elevação vai melhorar a prestação de serviços em Ipatinga e toda a região. “A partir de hoje, a companhia tem logística própria, vai gerir seus orçamentos, contratações, manutenções e recrutamento de pessoal”, citou.



O comandante da 3ª Companhia Independente, capitão Nunes Alessandro, atuava como subcomandante do 6º Batalhão em Governador Valadares. “Agora, desde a gerência, gestão de equipamentos e recursos, passa a ser feito aqui em Ipatinga. Então, erros e acertos são de nossa responsabilidade”, afirmou o oficial, lembrando que chegaram, com a companhia, sete novos militares e a expectativa é receber mais.



Assista às entrevistas abaixo e saiba mais sobre o que muda no atendimento do CBMMG no Vale do Aço:

 



[[##1017##]]


Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO