Trip assume a Total em vôos no interior de MG

DA REDAÇÃO - A Trip Linhas Aéreas vai transferir sua matriz e centro de manutenção de aeronaves para Minas Gerais. Protocolo de intenções foi assinado ontem, entre a empresa e o Governo de Minas, por intermédio das secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico e de Fazenda. A empresa tem ainda planos para investimentos da ordem de R$ 375,3 milhões, para compra de aeronaves e instalação do centro de treinamento.

A Trip, que recentemente assumiu o controle da Total Linhas Aéreas, atua há nove anos no transporte aéreo regular de passageiros e tem como acionistas os grupos Caprioli e Águia Branca. Desde julho de 2007 opera em Minas a partir do aeroporto da Pampulha e também atende 34 cidades em 11 estados do país, com foco na aviação regional.

Entre as cidades atendidas pela empresa em Minas Gerais está Ipatinga. Além de vôos diretos para Belo Horizonte e Vitória, como resultado da entrada da Trip no controle da Total, o passageiro que sai do aeroporto da Usiminas, em Santana do Paraíso, já consegue vôos com escala para várias cidades no interior do país, entre elas Araxá e Uberlândia, em Minas, Goiânia, Cascavel (SC), Londrina (PR), Campo Grande (MT), Campinas (SP) e Carajás (PA), entre outras.

Empregos
O protocolo de intenções assinado ontem prevê que a Trip, além de manter os empregos existentes e originados da operação com a Total, pretende criar 150 novas vagas em Minas Gerais. A empresa espera fechar este ano com um faturamento da ordem de R$ 280 milhões e, dentro de dois anos, atingir R$ 350 milhões. A Trip também assume o compromisso de ampliação da malha, visando o incremento da aviação regional em Minas, bem como a geração de empregos e fomento do setor de viagens e turismo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO