Sindipa reúne quase100 mil pessoas

Trem do Trabalhador

Fotos: Sérgio Roberto, Paulo Sérgio


Valia de tudo para tentar ver melhor os artistas

IPATINGA - Mais de 100 mil pessoas participaram da 7ª edição do Trem do Trabalhador, festa promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga para comemorar o dia 1º de Maio, considerado o maior evento dessa data em Minas Gerais. Na tarde de quinta-feira, 1º, cerca de 80.000 pessoas – conforme estimativa feita pela Polícia Militar – estiveram na avenida Pero Vaz de Caminha e imediações, no bairro Bom Retiro, para assistir aos shows de Júlio Garcia, Víctor & Leo e Bartucada.

O tempo, nublado e fresco, fez com que o enorme público não arredasse pé do lugar. E evitou também os casos de desmaios e desidratações verificadas nos anos anteriores, para a tranqüilidade de médicos, enfermeiros e auxiliares do posto de atendimento de urgência montado no local pelo Serviço Médico do Sindipa, Samu e Hospital Márcio Cunha. Assim, não houve a necessidade do tradicional banho de água na multidão pelo Corpo de Bombeiros.

Três dias de festa
Após o sucesso do bingo realizado na manhã de terça-feira, 29, quando 5.000 associados do Sindipa foram ao ginásio coberto da Usipa para disputar R$ 30 mil em prêmios, na noite de quarta-feira, 30, cerca de 15.000 pessoas foram ao show gospel na avenida Pero Vaz de Caminha, com apresentações de bandas regionais que aqueceram o público para as exibições dos artistas Fernanda Brum e André Valadão, dois dos grandes astros da música gospel do momento.


Luiz Carlos Miranda e Cícero Gonçalves (Metalúrgicos de SP)
Na manhã de quinta-feira, 1º, centenas de pessoas participaram da Missa do Trabalhador, celebrada pelo padre Geraldo Ildeo Franco, no bairro Cariru. Participaram do evento o prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão, o ex-prefeito Chico Ferramenta e a deputada estadual Cecília Ferramenta.

Ponto culminante
Mas o ápice do Trem do Trabalhador ocorreu mesmo na tarde de quinta-feira,  na avenida Pero Vaz de Caminha, onde uma verdadeira multidão lotou todos os espaços disponíveis, incluindo as ruas laterais e paralelas, num clima de absoluta paz e tranqüilidade, sem o registro de ocorrência grave, conforme dados da Polícia Militar.

Num rápido pronunciamento, o presidente do Sindipa, Luiz Carlos Miranda, agradeceu a presença do público e o apoio dos parceiros da entidade, lembrando que o 1º de Maio – Dia do Trabalhador – é um dia de luta, mas que também deve ser de comemoração e agradecimento pela saúde, o emprego e a vida. “Cumprimos o nosso objetivo de lutar em defesa dos direitos dos trabalhadores, assim como o compromisso social de proporcionar-lhes ações de cidadania, cultura e lazer”, disse Luiz Carlos.
Cícero Barbosa, diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, representou a Força Sindical.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO