PMT inicia vacinação de idosos contra gripe


A vacinação na Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo

TIMÓTEO – Até o dia 9 de maio, a Prefeitura realiza a campanha de vacinação dos idosos contra gripe, visando imunizar a população acima de 60 anos, estimada em 6.914 pessoas. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 80% de cobertura vacinal. Todas as unidades vinculadas à Secretaria de Saúde e Assistência Social participam da campanha, funcionando no horário de 8h às 17h.

Um posto foi montado especialmente no laboratório da rede municipal de saúde, localizado no bairro Olaria II, e os idosos devem levar o cartão de vacinação. Neste sábado (26) será realizado o dia “D” de mobilização nacional da campanha, sendo que os centros de saúde funcionarão de 8h às 17h.

O trabalho de imunização conta com o apoio das equipes do Programa de Saúde da Família (PSF) que vacinarão em domicílio os idosos acamados na área de sua abrangência. Nos demais locais, as famílias que têm parentes acamados deverão solicitar nos centros de saúde a vacinação em casa.

Ontem, a equipe da Divisão de Vigilância em Saúde promoveu uma palestra sobre a importância da vacinação contra gripe na Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo. No local, foi montado um posto de vacinação que funcionou na parte da manhã.

Fabriciano também faz campanha até 9 de maio

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou ontem a campanha de vacinação de idosos contra a gripe. Até o dia 9 de maio, a população acima de 60 anos deve procurar as unidades de saúde mais próximas. Segundo o setor municipal de Vigilância Epidemiológica, especialmente no próximo sábado (26), data em que a campanha nacional será intensificada, os postos funcionarão de 8h às 17h.

Conforme a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura, Jesuína Maria Mendes, a expectativa é vacinar 9.042 idosos. “Esperamos alcançar a meta, como nos anos anteriores, quando vacinamos 97% dos idosos. A gente agradece antecipadamente aos familiares e à população idosa”, antecipou.

A coordenadora explicou que os idosos com dificuldade de locomoção ou problemas de saúde receberão a vacina em casa. “A fim de agilizar o recebimento da vacina, pedimos à população que faça o possível para levar o idoso à unidade de saúde. Caso não seja possível, o responsável deve procurar a sala de vacina da unidade de saúde e agendar a visita domiciliar”, salientou.

Contra-indicação
Segundo a coordenadora, de maneira geral, não há contra-indicações para a vacina, salvo para os casos de alergia aos componentes. “Entretanto, os idosos com suspeita de dengue devem aguardar e tomar a vacina após o tratamento. Caso isso ocorra após o dia 9 de maio, não tem problema, é só avisar no Posto de Saúde”, observou Jesuína Maria, lembrando a necessidade do idoso apresentar o cartão de vacina.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO