Fabriciano vai receber ‘Cozinha Comunitária’

FABRICIANO – Coronel Fabriciano foi o único município de Minas Gerais selecionado pelo governo federal para receber o projeto “Cozinha Comunitária”. O projeto encaminhado pela Secretaria Municipal de Assistência Social foi selecionado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), através da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. Além de Fabriciano, outros 12 municípios do país, com população superior a 50 mil habitantes, receberão recursos do MDS.

As cozinhas comunitárias são equipamentos públicos de alimentação e nutrição, que têm a finalidade de produzir e distribuir refeições saudáveis, além de ser uma estratégia de inclusão social produtiva, de fortalecimento da ação coletiva e da identidade comunitária. Segundo o MDS, esse tipo de unidade deve ser implantada, prioritariamente, em bairros populosos das periferias urbanas, fomentando as potencialidades da comunidade a ser beneficiada.

Benefícios
Para a secretária de Assistência Social, Júlia Restori, a implantação desse serviço é mais uma forma de beneficiar a população carente. “Por meio das ‘Cozinhas Comunitárias’ será possível oferecer um espaço de capacitação profissional, reaproveitamento de alimentos e produção de uma alimentação de baixo custo, tudo isso com o intuito de minimizar a questão da fome”, analisou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO