Pescaria no Parque Ipanema é antecipada para domingo

IPATINGA - A Prefeitura de Ipatinga, repetindo um evento tradicional a cada aniversário da cidade, prepara mais uma edição do “Pescando no Parque”, único momento em que a pescaria é aberta ao público no Parque Ipanema. A pescaria é necessária porque são retirados do lago os peixes maiores, o que facilita o crescimento dos alevinos. O evento obedece a todas as técnicas de controle biológico exigidas pela legislação. Neste ano, a pescaria será antecipada para março e ocorrerá no próximo domingo (16), de 7h às 14h.

Quem participar, poderá fisgar espécies como traíra, tilápia, tambaqui, tambacu e piauaçu. O evento promovido pela PMI vai contra com o suporte da Polícia Ambiental, IEF, 14º Batalhão, Corpo de Bombeiros e a Associação dos Pescadores Amigos do Rio Doce - Aspard.

De acordo com o secretário de cultura, esporte e lazer, José Osmir de Castro, é salutar manter as atividades aprovadas pela comunidade. “Essa é uma excelente oportunidade para proporcionar lazer à comunidade. Trata-se de um motivo a mais para encontrar os amigos, ouvir os casos de pescadores e levar um belo exemplar para casa”, afirma.

No ano passado, o evento reuniu cerca de quatro mil participantes e distribuiu prêmios aos três primeiros colocados. O vencedor, Rodrigo Oliveira, morador do bairro Limoeiro, fisgou um peixe de 1,2 kg. Mas a grande atração foi o peixe de 10,2 kg, pescado por Dagmar Carvalho, 15 minutos após o término da competição, daí a decisão de alongar o prazo da competição. Os interessados em participar do evento deverão se inscrever até sexta-feira, 14, de 8h às 17h, no Parque Ipanema (próximo à lagoa) e no Departamento de Esporte e Lazer (3º andar da prefeitura).

Lago
Um dos mais belos atrativos do Parque Ipanema é o lago. Com uma superfície líquida de 9.347 metros quadrados e uma ilhota, cujo acesso é feito através de duas passarelas de madeira, é o espaço ideal para contemplação. Complementa o lugar um banco circular, coberto com pergolado, circundando um pequeno espelho d’água de 7,40m de diâmetro e 20cm de profundidade, habitado por carpas ornamentais. No centro da ilhota há um cata-vento, que mantém a água do lago em circulação, garantindo a oxigenação necessária à sobrevivência dos peixes. Outro cata-vento, fora da ilha, é usado no bombeamento da água de uma nascente para o lago.

Recentemente, foi instalado um palco para apresentação de shows e espetáculos, dentro da lagoa. Construído com troncos de eucalipto e assoalho tipo deck, mede 383 metros quadrados. Além disso, ocorreu a instalação de dois chafarizes, possibilitando a melhor oxigenação da água do local.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO