TSE rejeita novo recurso e mantém Geraldo Nascimento

TIMÓTEO – Em decisão proferida nesta terça-feira, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marcelo Ribeiro, negou recurso e foi acompanhado por unanimidade (6 a 0) em sessão no TSE, ao avaliar a medida cautelar em que era pedido novo afastamento do prefeito de Timóteo, Geraldo Nascimento (PT) e do vice, Marinho Teixeira (PSB).

O recurso foi movido pela defesa de Leonardo Rodrigues Lelé da Cunha (PMDB), que desde 2004 mantém na justiça uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) contra o prefeito Geraldo Nascimento e seu vice, Marinho Teixeira, acusados de uso da máquina pública na campanha da reeleição. 

O agravo regimental foi impetrado pelos advogados da Coligação União Democrática de Timóteo, no dia 21 de fevereiro, e pedia a suspensão da liminar que assegurou a Nascimento sua permanência no cargo de prefeito até o julgamento do mérito da AIME. Com a medida cautelar, os advogados da oposição queriam que fosse cumprida a decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que manteve a cassação dos mandatos do prefeito e do vice, decidida pela justiça de primeira instância.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO