Cidade Nova terá esgoto tratado

Wôlmer Ezequiel


O pintor Nilton da Silva já pescou na lagoa do Cidade Nova. Hoje é só esgoto

SANTANA DO PARAÍSO – Alvo de reclamações dos moradores, o esgoto produzido no bairro Cidade Nova deverá ser tratado em breve. Pelo menos é o que anuncia a concessionária do serviço de água e esgoto em Santana do Paraíso. Segundo a administração municipal, a Copasa promete ampliar o abastecimento de água e tratar todo o esgoto doméstico do município.

A primeira conquista, segundo o governo municipal, foi obtida com a mudança da concessão do serviço de água do município, que passou da Consae para a Copasa. A Companhia já realizou uma série de obras e promete melhorar o serviço. Para isso, anuncia investimentos de R$ 5 milhões nos próximos 10 anos para resolver os problemas de saneamento básico do município. Uma das frentes de obras será aberta no bairro Cidade Nova.

Os moradores, que desde o loteamento do bairro reclamavam da falta de uma Estação de Tratamento de Esgoto, estão na expectativa de ver o problema resolvido. Para os moradores, a responsabilidade pela construção da ETE é da empresa empreendedora do loteamento. No entanto, a criação do bairro foi aprovada sem o estabelecimento de condicionantes pelo governo municipal há mais de 10 anos. O bairro já tem cerca de 5 mil habitantes e os problemas estruturais e de saneamento incomodam a comunidade, que reivindica soluções do poder público.

A mobilização deu resultado e agora, como resposta, a concessionária dos serviços de água e esgoto anuncia o tratamento do esgoto, que deverá ser feito rapidamente, para evitar a continuidade dos impactos ambientais, com o lançamento dos efluentes sanitários dentro de uma lagoa localizada no fundo de vale, abastecida por uma nascente localizada dentro do bairro. “Por causa desse esgoto, a lagoa está tomada por taboa. A vegetação cresceu assustadoramente após o despejo do esgoto dentro dela”, reclama o presidente da Associação de Moradores, Altair Mercúrio.

Licitação
Aviso de licitação para “Tomada de Preço” foi publicado dia 18 de julho pela Copasa. Segundo o prefeito Joaquim Correia de Melo – Kim (PT), o objetivo da concessionária é contratar os projetos para as obras de tratamento do esgoto no Cidade Nova e para as demais áreas urbanas de Santana do Paraíso.

O gerente do Distrito do Vale do Aço da Copasa, Franklin Mendonça, confirma que o Departamento Operacional Leste também recebeu proposta do empreendedor do loteamento para interceptação e transporte dos efluentes sanitários do bairro Cidade Nova e tratamento na ETE Rio Doce, onde é tratado o esgoto de Ipatinga. “A obra é uma alternativa à previsão inicial de construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto no ribeirão da Garrafa, que é analisada de forma técnica, ambiental e econômica”, explicou o prefeito.

Ao empreendedor interessa a solução da questão ambiental porque já foi pedida a autorização para ampliar o loteamento do Cidade Nova. A liberação da licença, segundo a administração municipal, esbarra nas exigências ambientais do município e da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), por causa da falta do tratamento do esgoto.

Alex Ferreira

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO