Discussão por causa de 4 cervejas termina em morte

Reprodução


José Maria foi baleado na cabeça quando estava num bar em Periquito

PERIQUITO - O ajudante José Maria Vieira de Carvalho, de 45 anos, morreu com um tiro na cabeça no fim da noite de domingo. José Maria estava em um bar, na localidade de Serraria, em Periquito, e acabou assassinado por causa de uma dívida de quatro cervejas. O acusado, Daniel Corrêa da Silva, de 20 anos, fugiu.

Os militares levantaram que os dois envolvidos estavam no bar, na rua Citroodoro, em Serraria, onde José Maria bebeu algumas cervejas. Daniel estava no local tomando conta do estabelecimento por algumas horas para o proprietário. Por volta das 23h30, eles começaram a discutir por causa de quatro garrafas que vítima pedia para pagar depois.

Na discussão, Daniel sacou um revólver e disparou uma vez, acertando o lado direito da cabeça de José Maria. A vítima morreu no local. O acusado está sendo procurado. O corpo foi removido ao IML de Ipatinga e liberado para sepultamento pelo perito Gilmar Miranda. O ajudante Arlindo Paixão Alves Martins, de 28 anos, sobrinho da vítima, informou que José Maria deixou dois filhos com a ex-mulher.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO