Batedor de carteira vai parar no Ceresp

IPATINGA - O ajudante Wellington Bruno Portugal, 27, foi encaminhado na noite de anteontem para o Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) acusado de “bater” as carteiras de Renata Pinheiro, de 24, e Michele Fernandes Sobrinho, de 29 anos. O furto aconteceu quando elas embarcavam em um ônibus no Centro de Ipatinga. O acusado foi encontrado pouco depois em um motel, em companhia de uma mulher.

A prisão foi realizada pelos policiais militares do Serviço de Inteligência da 82ª Companhia. Renata contou que ao embarcar no coletivo da linha 309 (Centro/Nova Esperança) sentiu um arranque na bolsa e a falta da carteira dela e da amiga. “Olhei para trás e só o vi (Wellington), fiquei com medo de denunciar esta pessoa injustamente”, disse ao DIÁRIO DO AÇO, após a prisão do acusado.

Wellington já tem passagens pela polícia e teria gastado os R$ 220 que estavam nas carteiras das vítimas consumindo drogas. Ele foi preso em um motel no bairro Veneza I com os cartões bancários e talão de cheques das vítimas. O acusado foi autuado em flagrante pelo delegado de plantão Ricardo Augusto de Faria Cassiano.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO