Homem é esfaqueado ao tentar cobrar dívida

PARAÍSO - A cobrança de uma dívida terminou em tentativa de homicídio, na tarde de domingo, no bairro Industrial. Acusado de esfaquear Carlos Geraldo do Nascimento, de 38 anos, na rua Luminato Alves, Jéferson Fernandes da Silva, o Jefim, de 20 anos, é procurado pela polícia.

Carlos Geraldo disse que parou sua motocicleta para cobrar de Jefim uma dívida de R$ 360. Jefim não gostou e o esfaqueou com um golpe no peito. Para não morrer, Carlos saiu correndo gritando por socorro, enquanto o acusado empurrou a motocicleta para dentro de um córrego antes de fugir. A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal de Ipatinga (HMI), onde ficou em observação médica.

Em Belo Oriente, a Polícia Militar atendeu uma tentativa de homicídio no fim da tarde de sábado, na rua Dom Pedro, no loteamento do distrito de São Sebastião de Braúnas. O ajudante Marcos Antônio Moreira e o montador de andaimes Ronaldo Rosado da Silva estavam em um bar quando discutiram por causa de uma rixa antiga.

Ronaldo sacou uma arma de fogo e disparou uma vez, atingindo o olho esquerdo e o ombro da vítima, que recebeu ajuda de moradores e foi levada até o hospital de Perpétuo Socorro. Diante da gravidade do estado de saúde de Marcos, ele teve que ser transferido para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga.

Julina
Na rua Patativa, no bairro Macuco, em Timóteo, mais uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo. Dessa vez numa festa julina. A confusão envolveu Cosme Damião Venceslau, de 45 anos, e um homem identificado como “Jacksonei”. Damião foi cobrar uma dívida antiga e recebeu facadas no rosto, orelha direta e no tórax, perfurando o pulmão. Jacksonei conseguiu fugir.

Prisão
Policiais militares de Joanésia prenderam Geraldo Rodrigues da Silva, de 52 anos, acusado de esfaquear em seu bar o sobrinho Giovani Rodrigues da Silva, de 33 anos. Após ser golpeado, Giovani foi correndo até a sua casa e acionou o socorro de uma ambulância, sendo encaminhando gravemente ferido ao Hospital Municipal de Ipatinga e depois transferido para o Hospital Márcio Cunha.

O rapaz apresentava sintomas de embriaguez e tinha perfurações na barriga, braço e cortes na mão direita. Os policiais militares do destacamento de Joanésia foram avisados da tentativa de homicídio e, após muito diálogo, conseguiram que o comerciante confessasse o crime perante testemunha. Na casa de Geraldo, os policiais encontraram uma faca com vestígios de sangue. Ele foi parar no plantão da 1ª Delegacia Regional.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO