Preso acusado de furtar roupas

Wôlmer Ezequiel


Vinícius foi preso em flagrante ao tentar escapar da polícia na avenida 28 de Abril

IPATINGA - O ajudante Vinícius Correa Bicalho, de 25 anos, foi preso no início da tarde de ontem em pleno Centro, acusado de furtar três camisas em uma loja. Segundo a polícia, ele tentou fugir dos policiais militares pegando carona em um carro, porém acabou abordado por policiais militares. O furto chamou a atenção de vários pedestres que passavam nas proximidades da ação policial.

O sargento Demétrius disse ao DIÁRIO DO AÇO que os policiais foram avisados por funcionários da Danny Jeans que o acusado teria zombado deles após descobrirem o furto das roupas. “Ele jogou as camisas em uma escada para tentar despistar os policiais, porém foi detido ao tentar pegar carona com duas pessoas em um Corsa Sedan de cor branca”, disse o militar.

Em conversa com o acusado, ele apenas negou que tenha furtado as roupas, cada camisa avaliada em R$ 45. Ele foi encaminhado para a 1ª Delegacia Regional pelo cabo Araújo e soldados Éder e Ribeiro, responsáveis pela prisão do ajudante Vinícius, morador de Coronel Fabriciano.

A equipe do cabo Braz prendeu também na manhã de ontem, com apoio dos policiais do Serviço de Inteligência da 82ª Companhia da PM, o cabeleireiro R.P.A., de 23, e a dona de casa A.B., de 45. Eles foram presos ao serem encontrados com duas cortinas furtadas na Igreja Presbiteriana, na avenida 28 de Abril, no Centro de Ipatinga.

No local, segundo os militares, foram furtados cinco cortinas e dois ferros elétricos. R.P. negou que tivesse participado do furto, dizendo que um viciado em drogas, como ele é, lhe passou as cortinas. “Iria vendê-las para comprar crack”, revelou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO