Golpe provoca prejuízo de R$ 2,5 mil

Wellington Fred


O vale de R$ 100 deixado com a vítima foi apreendido pela PM

IPATINGA
- A dona de casa I.M.S.S, de 54 anos, foi a mais nova vítima do velho e manjado “conto do achadinho”, ou para alguns, “da recompensa”. O golpe consiste em deixar o alvo dos estelionatários com esperança de ganhar um prêmio por ter sido bonzinho ao entregar um objeto supostamente perdido. A vítima de anteontem perdeu mais de R$ 2,5 mil sacados pouco antes num banco na área central de Ipatinga.

Ela contou que sacou o dinheiro no banco Real e, ao sair na avenida Maria Jorge Selim de Sales, foi abordada por duas mulheres. Uma delas pegou no chão um porta-documentos com um cheque no valor de R$ 22 mil, próximo à vítima. Neste momento chegou a segunda golpista, dizendo-se grata pelas duas terem encontrado seu objeto perdido. Demonstrando gratidão, prometeu a elas uma recompensa.

A golpista fez um vale de R$ 100 e disse que I.M. poderia pegar o prêmio, porém teria de deixar a bolsa dela em seu poder. Inebriada pela chance de ganhar um dinheiro fácil, a dona de casa não percebeu a enrascada em que caía e fez o que lhe foi pedido. Ao sair para pegar a recompensa, percebeu algo de errado e voltou onde havia deixado as duas, mas as golpistas haviam desaparecido com a bolsa contendo R$ 2,5 mil e documentos pessoais.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO