Descoberto plano de resgate de presos

Diretor da Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba, seria alvo de seqüestro


Adão dos Anjos revelou que estaria sendo monitorado para uma tentativa de resgate de presos na penitenciária

IPABA - O diretor-geral da penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba, tenente reformado Adão dos Anjos, seria seqüestrado em uma ousada ação para o resgate de presos. É o que ele revelou ontem ao DIÁRIO DO AÇO durante a solenidade de aniversário do 14ª Batalhão da Polícia Militar. Além do seqüestro, outros membros da segurança de Ipaba poderiam ser mortos num plano descoberto na última semana.

Com certo ar de preocupação, mas com o sentimento de dever cumprido, como bem faz questão de ressaltar, Adão dos Anjos informou que além dele os presos ainda teriam um plano B caso não obtivessem êxito em seu seqüestro. Pegariam a sua filha como refém. “Um preso está monitorando minha família. Ele já adiantou que é difícil me pegar, mas minha filha seria mais fácil”, disse Adão.

De acordo com o diretor, a família dele, além do diretor de segurança Edmar Soares, estariam sofrendo ameaças juntamente com o supervisor Márcio Pedro e o inspetor Zaqueu. “Tivemos a informação na semana passada, assim que houve a transferência dos presos - daqueles que poderiam ser resgatados (em janeiro) - para o presídio de Francisco Sá”, esclareceu Adão dos Anjos.

O plano seria o seqüestro do diretor e atrair o diretor de segurança e alguns agentes. Estes funcionários seriam mortos no confronto, em seguida tentariam tomar a penitenciária para resgatar os presos. “Eles me pegariam como refém e tomariam minha arma. Eu não sabia que estava assim (situação), neste grau. No plano, seriam mortos ainda quatro presos que convivem na área da mecânica, porque acham que eles são informantes da direção”, disse o diretor da penitenciária.

Tumulto
A ação poderia provocar um tumulto na PDMC, pois mais de 90% dos presos apóiam o trabalho de Adão dos Anjos. “Por mais que Ipaba seja referência, há alguns presos que não têm recuperação. Toda liderança negativa do Vale do Aço e Belo Horizonte vem para nós, oferecendo risco de problemas. São estes insatisfeitos que querem continuar no mundo do crime, que tentam bagunçar”, desabafou.

A situação preocupante vivida pelo diretor foi repassada à Secretaria de Estado de Defesa Social, além de ser informada à Polícia Militar e Polícia Civil. O plano estaria sendo arquitetado por um preso que saiu há pouco tempo de Ipaba.

Como medida de precaução, o diretor da penitenciária antecipa que os presos que estariam na lista para serem resgatados devem ser transferidos para várias unidades prisionais do Estado com o objetivo de quebrar esta unidade entre eles. O plano já foi descoberto, mas a Polícia Civil e a Militar continuam trabalhando para prender as pessoas que planejavam o seqüestro do diretor da penitenciária. A segurança também foi reforçada.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO