Vendedora simula roubo para pagar suas dívidas

IPATINGA – Após ter simulado um assalto com o intuito de conseguir dinheiro para quitar dívidas, a vendedora Suelen Moreira Ribas Martins, 19 anos, foi presa na tarde de ontem acusada de falsa enunciação de crime. Ela trabalha há quatro meses em um depósito de materiais de construção, no bairro Esperança, e, por volta das 12h de ontem, disse à sua patroa que o estabelecimento havia sido roubado. O ladrão teria levado um cheque de R$ 552 e R$ 70 em dinheiro.

A Polícia Militar foi acionada pela patroa de Suelen. Durante conversa com a vendedora, ela teria caído em contradições diversas vezes e acabou confessando aos policiais que forjou o assalto. “Na verdade, Suelen pediu a um ex-namorado que trocasse o cheque de R$ 552 que ela mesma pegou escondido. Os R$ 70 ela guardou em sua casa. Ao que tudo indica, Suelen usou o ex-namorado sem ele saber de nada”, contou o tenente Ronaldo Sanglard Bastos. “Ela disse que simulou o assalto porque precisa de dinheiro para pagar duas dívidas”, acrescentou o policial. O cheque já havia sido descontado no final da tarde de ontem, contudo, a polícia recuperou o dinheiro, bem como os R$ 70 em espécie.

A patroa de Suelen, que pediu para não ser identificada, estava transtornada com o que aconteceu. “Fiquei muito triste com tudo isso. A atitude da Suelen me surpreendeu. Ela é como uma filha para mim. Acho que foi momento de muita fraqueza dela”, avaliou a patroa. A PM conduziu Suelen à Delegacia do Centro para ser ouvida pelo delegado de plantão.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO