Detetive que se envolveu com drogas foi liberado

IPATINGA – O detetive aposentado da Polícia Civil, Eduardo Fernandes de Souza, 43, preso em uma residência na rua Árica, 153, bairro Vila Militar, no último sábado, na companhia de outras duas pessoas com 25 pedras de crack, duas buchas de maconha e outro tablete maior de crack, foi liberado. O delegado plantonista Marcelo Franco Marino, que na ocasião ouviu os envolvidos, não autuou Eduardo Fernandes por entender que o detetive não estava traficando.

Foi autuado em flagrante, por tráfico de drogas, apenas o auxiliar de serviços, Emerson Gonçalves Teixeira, 32, um dos envolvidos e dono da residência. O estudante Paulo Felipe Morais, 20, terceiro envolvido, também foi liberado. As informações foram fornecidas pelo delegado de Tóxicos de Ipatinga, Geraldo Magela, vez que não foi possível encontrar o delegado plantonista para falar sobre o caso. “O Eduardo Fernandes e o Paulo Felipe Morais receberam nota de culpa, referente ao artigo 28 da Lei 11.343 (que constitui infração, mas sem natureza penal) e foram liberados”, informou Geraldo Magela.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO