Explosão aterroriza família pela 3ª vez em Ipatinga

Bomba caseira colocada na porta de segurança no Vila Celeste

Bruno Jackson


Nilson Souza mostra os cacos de vidro e o material usado na fabricação da bomba que danificou a porta da sua casa

IPATINGA - O segurança Nilson Teixeira de Souza, 43 anos, sua esposa, e os quatro filhos levaram um enorme susto no início da madrugada de ontem. Uma bomba de fabricação caseira foi colocada junto à porta da residência de Nilson, na rua Sabiá, 158, bairro Vila Celeste, e ao explodir destruiu boa parte do vidro, espalhando estilhaços para todo lado.
“Por sorte havia uma cortina atrás da porta, caso contrário os cacos de vidro poderiam ter acertado os meus filhos, que dormiam próximo à porta”, diz Nilson de Souza.
 
Segundo o segurança, o barulho foi tão forte que assustou vizinhos de outro quarteirão. “Quando a bomba explodiu vários vizinhos saíram de suas casas assustados para ver o que havia acontecido. O barulho foi tão grande que alguns moradores da rua de trás também vieram para ver o que estava acontecendo”, conta Nilson de Souza.

Esta não é a primeira vez que a família de Nilson leva susto com uma bomba colocada nas imediações de sua casa. A primeira ocorreu há três meses e a segunda na madrugada do último réveillon. “Nesta última vez a situação foi mais perigosa e estou com receio de que algo de ruim aconteça à minha família, já que é o terceiro incidente”, lamenta o segurança.
Bruno Jackson


Estilhaços do vidro por pouco não atingiram uma cama onde dormia um dos filhos de Nilson

Nilson de Souza disse à reportagem que suspeita de quem teria colocado a bomba na porta de sua casa. Seria um policial militar, com quem ele já teria tido desavenças. “Não quero garantir nada ainda, mas suspeito dessa pessoa pelo fato de ela ter procurado confusão comigo algumas vezes”, conta o segurança, que pede à polícia que investigue o fato. “Essa é uma situação que nos causa temor. Peço às autoridades que tomem providências contra o autor desse atentado”, cobra Nilson.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO