Princípio de incêndio causa alarde em cadeia de Caratinga

DA REDAÇÃO – Na quinta-feira, um princípio de motim envolvendo os detentos da cela 10 (seguro) e os presos do pavilhão foi interceptado pela polícia na cadeia de Caratinga. Segundo os agentes, os internos da cela do seguro começaram a quebrar a parede interna que separa seus opositores.

Os presos furaram um buraco de aproximadamente um metro de diâmetro com o intuito de invadir o pavilhão para pegar seus oponentes. Os internos do pavilhão atearam fogo em colchões e em algumas roupas, impedindo a passagem dos detentos da cela 10. O reforço da Polícia Militar foi acionado, além do Corpo de Bombeiros Voluntários, para controlar a situação. Não houve feridos. A Polícia Militar mantém reforço de viaturas no local. Até o início da noite de ontem, a situação permanecia tranqüila.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO