Polícia investiga seqüestro de mulher

PARAÍSO - Um estranho caso de seqüestro registrado pela Polícia Militar no último fim de semana é investigado pela Polícia Civil de Santana do Paraíso. Marta Augusta, de 36 anos, foi feita refém para ser extorquida, porém conseguiu escapar dos seqüestradores. Ela ficou sem R$ 200.

Maria Augusta contou que saiu da casa do namorado Juarez Aves de Oliveira, de 46 anos, às 19h45 de sábado, quando foi atacada por dois homens negros na rua Palmeiras, nas Chácaras Paraíso. Ela foi levada para um matagal. Usando seu celular, os homens ligaram para Juarez exigindo o pagamento da quantia de R$ 2 mil para o resgate.

Os bandidos ameaçaram matá-la, porém Marta aproveitou-se que eles se distraíram e fugiu, escondendo-se no mato até se ver livre da ameaça. Ela conseguiu uma carona até sua casa e ligou para o namorado para informá-lo que estava bem. Os bandidos não foram identificados até o momento.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO