Acusado de agredir e estuprar ex-esposa é preso

MARLIÉRIA - A Polícia Militar cumpriu, na noite de anteontem, um mandado de prisão contra o ajudante S.C.S., de 32 anos. Ele é acusado de, na noite de 21de outubro, estuprar e agredir a ex-mulher ameaçando-a de morte com uma arma de fogo e uma faca. O acusado ainda teria mantido relação sexual na frente da filha de apenas nove anos de idade, além de agredi-la.

O caso revoltou os moradores da pacata Cava Grande, conforme informaram os policiais militares que atenderam a ocorrência. Os familiares contaram que S. manteve a ex-mulher presa dentro de casa, onde a violentou sexual e fisicamente. A doméstica teve que ser encaminhada ao Hospital Vital Brazil, em Timóteo, onde ficou em observação médica.

O ajudante teria realizado uma sessão de espancamento contra a vítima, além de violentá-la na frente da filha, também agredida e atendida no HVB.  Os policiais encontraram na residência duas espingardas de calibre 36, além de munição. Uma terceira arma foi levada pelo acusado.

Desde os fatos, S. era considerado foragido. O delegado Nivaldo Antônio da Conceição solicitou o mandado de prisão para o acusado, acatado pela Justiça da Comarca de Timóteo.
Policiais militares da 85ª conseguiram localizá-lo, no início da noite de anteontem, na rua Porto Alegre. O acusado foi surpreendido pela PM ao saber que estava com mandado de prisão decretado. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a cadeia de Timóteo, ficando à disposição da Justiça.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO