Combate ao tráfico de crack

Acusado de movimentar drogas no “Cemitério Velho” é detido

Wellington Fred


Na operação os policiais prenderam Derley. Ele nega que seja traficante

IPATINGA - A PM realizou, no fim da manhã de ontem, uma operação na rua Pouso Alegre, Centro da cidade, apreendendo 72 pedras de crack. A droga, segundo os policiais, pertencia a Vanderley Alves, o “Derley”, de 38 anos, suspeito de traficar na região conhecida como “Cemitério Velho” de Ipatinga. Ele é acusado de ser o dono dos quase 300 gramas de crack apreendidos com o vendedor Walace Wilson Madureira, de 22 anos.

O sargento Amador Francisco informou que desde a apreensão da droga com Walace, no último dia 26 de outubro, a PM vem monitorando Derley. “Na outra operação ele conseguiu fugir antes da nossa chegada. Desta vez, ficamos de campana até o momento certo de agir. Apreendemos 60 pedras de crack debaixo de uma escada. As outras 12 estavam dentro de um cômodo vazio”, contou.

O militar informou ainda que denúncias anônimas apontam que Derley estava à frente do tráfico de drogas no local. Os policiais apreenderam um aparelho de DVD de origem duvidosa, além de várias fiações elétricas. Todo o material, juntamente com a droga, foi encaminhado para a 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.

Negativa
Acompanhado de seus advogados, Derley negou que soubesse a origem da droga. “Não sei de nada do que eles (PMs) estão falando. Não trafico nada de droga. O DVD é meu e a fiação não sei de quem é”, comentou para a imprensa o acusado.

Ele também negou que estivesse em Ipatinga no dia em que os militares apreenderam 300 gramas de crack com Walace. “Estava em Belo Horizonte”, alega Derley, que mesmo assim acabou autuado em flagrante por tráfico de drogas pelo delegado da Tóxicos, Geraldo Magela de Morais. “Na outra apreensão havia denúncias de que a droga era dele. Com esta hoje, encaixou a história”, confirmou Magela.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO