Cerca de dez quilos de maconha apreendidos

PM realiza segunda grande apreensão de drogas em Fabriciano

Wellington Fred


A PM apreendeu a droga entre os bairros Córrego Alto e Santa Cruz. Os detidos trocaram acusações. Nenhum deles assumiu a droga

FABRICIANO - O tráfico sofreu mais uma baixa no Vale do Aço com a apreensão de quase dez quilos de maconha na tarde de ontem. Desta vez a Polícia Militar localizou a droga entre os bairros Córrego Alto e Santa Cruz, além de prender duas pessoas envolvidas com o entorpecente. O ajudante André Rodrigues da Silva, de 21, e Langrebeth Lucas Martins, de 30 anos, foram presos e trocaram acusações, um jogando a propriedade da erva contra o outro.

O cabo Edmar, lotado na 178ª Companhia PM Especial, informou ao DIÁRIO DO AÇO que durante patrulhamento pela região do bairro Santa Cruz os policiais avistaram os dois conversando algo. “Possivelmente estavam negociando a droga. Nós conseguimos prender André com R$ 176 e ele entregou Langrebeth”, contou o policial militar.

Os militares foram até a casa de Langrebeth e nas proximidades, na rua 7, no Córrego Alto, foi encontrada uma bolsa de viagem com 11 tabletes da droga, pesando 9 quilos e 125 gramas. Langrebeth negou que a maconha fosse sua. “Não é minha, não uso drogas. Este cara (André) está querendo me complicar”, se defendeu.

Porém, André afirmou que compraria uma porção de Langrebeth. “Os policiais deram uma prensa em você e acabou confessando. Não adianta tentar jogar algo para cima de mim, você sabe que está enrolado”, dizia o ajudante, se dirigindo a Langrebeth durante a entrevista dos dois para a imprensa.

Envolvimento
O policial Edmar ressaltou que já sabia do suposto envolvimento de Langrebeth com o tráfico de drogas, mas não havia ainda encontrado o acusado num momento certo. “A PM sempre está alerta e vem juntando informações de suspeitos. Os dois têm passagens pela polícia e Langrebeth é um velho conhecido da polícia”, comentou o cabo.

André e Langrebeth foram encaminhados para a 19ª Delegacia Seccional de Coronel Fabriciano juntamente com os tabletes de maconha apreendidos pelos policiais militares.
É a segunda grande apreensão de drogas realizada na cidade. Anteontem, policiais civis de Ipatinga prenderam com o comerciante Cledmilson Alexandrino da Silva, o “Dídio”, de 30 anos, com cerca de cinco quilos de cocaína. Além dele, os agentes prenderam  Wellington de Fátima Ferreira, de 27 anos, e Keili Silva de Freitas, de 25 anos. Os acusados Wellington e Dídio eram presos albergados da cadeia de Timóteo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO