Residência é alvo de disparos no Bethânia

IPATINGA - A polícia tenta apurar o mistério registrado no fim da noite de anteontem, com tiros e sangue numa casa. Porém, nenhuma vítima foi localizada até o momento. A residência, alvo de vários disparos de arma de fogo, é localizada na escadaria Guimarães, no mutirão do bairro Bethânia, na rua Pontal. O local estava arrombado e com alguns papéis revirados.

Moradores ligaram para a Central de Operações da PM (Copom) e passaram que ouviram vários tiros e gritos de uma pessoa desesperada. Policiais se deslocaram para o local indicado e encontraram um cenário assustador. A porta estava aberta, com indícios de arrombamento, e marcas de tiros por todos os lados, inclusive numa geladeira.

Os policiais encontraram marca de sangue no piso da residência e os documentos de Wesley Silva Rocha. Quando a PM estava no local, apareceu a mãe dele, Maria das Graças Silva Rocha, com fortes sintomas de embriaguez e não soube informar o aconteceu no local.

A PM esteve no Pronto-Socorro Municipal e Hospital Márcio Cunha, porém ninguém havia dado entrada com ferimento à bala. Wesley, segundo dados da polícia, teria passagens por uso de drogas e receptação. O caso foi repassado para a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO