Preso ‘dono’ de 50 kg de maconha

Acusado se desfez da droga ao avistar delegado no Frederico Ozanan

Wellington Fred


A maconha foi abandonada no dia 5 de agosto na rua Beija-flor

FABRICIANO - Militares da 178ª Companhia Especial prenderam, durante a tarde de ontem, Elizeu Paulino de Jesus Costa, de 21 anos. Ele é acusado de ser o proprietário de quase 50 quilos de maconha abandonados no dia 5 de agosto. O fato inusitado ocorreu na rua Beija-flor, no bairro Frederico Ozanan, quando o acusado avistou o delegado Francisco Pereira Lemos.

A equipe do cabo Alderino Júnior, formada pelos soldados Hudson e Garcia, realizava patrulhamento pela rua Marte, no bairro Manoel Maia. Os policiais depararam com o suspeito e, ao abordá-lo, descobriram que a Justiça de Coronel Fabriciano havia expedido contra ele um mandado de prisão temporária, no fim do mês de agosto, por crime de tóxicos. O rapaz foi preso e encaminhado para a 19ª Delegacia Seccional de Coronel Fabriciano.

Ele será investigado pela Polícia Civil pela droga apreendida no Frederico Ozanan.  Segundo o delegado Lemos, os tabletes de maconha pertencem mesmo ao Elizeu. “O local é ponto de tráfico de drogas e ele estava com outras pessoas. Ele abandonou dois sacos plásticos quando me viu”, conta o policial civil.

No dia da apreensão, os policiais encontraram um Fiat Uno que estaria em poder de Elizeu. Ele vai ficar à disposição da Polícia. A maconha teria vindo de Belo Horizonte e seria revendida na cidade. O valor total da maconha apreendida estava estimado entre R$ 15 mil e R$ 20 mil.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO