Motorista é morto em uma tocaia no Naque


Alcino havia sofrido outra tentativa de homicídio

NAQUE - O motorista Alcino Rodrigues Ribeiro, de 30 anos, morreu com oito tiros ao ser tocaiado quando se aproximava de casa, na avenida Ailton Sperandin, no bairro Mangueiras. O crime ocorreu no fim da noite de quinta-feira. Quatro adolescentes e um adulto chegaram a ser detidos pela PM. Os detidos discutiram com a vítima horas antes do assassinato por causa de um som automotivo, mas nada foi comprovado contra eles.

O sargento Ernesto, comandante do Destacamento de Naque, disse que Alcino estava na feira-livre, local que fica movimentado. “Ele teria discutido com estes suspeitos por causa de som alto. Alcino acabou indo embora para a casa e aconteceu o crime. Conseguimos localizar esses garotos, quatro deles moradores de Periquito, apenas um mora em Naque”, disse o militar.

Em poder dos detidos, os militares encontraram um revólver de calibre 22. Os garotos negaram envolvimento no crime, inclusive o dono do carro que estava com o som alto, A.A.S., de 26 anos. “Houve uma pequena discussão, mas nada de grave para que a gente fizesse isso. Ninguém aqui tinha alguma coisa contra esta pessoa”, alegou.

Reafirmam
Os militares conduziram os detidos para a delegacia de Belo Oriente, onde reafirmaram a defesa perante o delegado Élder Chantal de Almeida. “A princípio eles não têm nada mesmo com a história. Os meus anos de experiência apontam que a morte de Alcino foi crime de pistolagem. O assassino tocaiou a chegada da vítima em sua casa, conforme os levantamentos”, acrescentou Chantal.

O laudo do IML pode ajudar a inocentar os garotos suspeitos. Os tiros que receberam Alcino foram, possivelmente de duas armas, uma delas aparentando ser de pistola semi-automática. O motorista recebeu oito tiros, sendo cinco na cabeça e três nas costas. Outra informação é que ele havia sido alvo de uma tentativa de homicídio há quatro meses, crime ainda não elucidado pela polícia. A vítima era casada e deixou um filho.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO