“Assaltante da bolsa” é detido outra vez pela PM

IPATINGA - O pedreiro Claudiano Pereira, de 25 anos, foi detido na tarde passada acusado de atacar várias mulheres nas ruas de Ipatinga para praticar furto. Utilizando uma motocicleta, Claudiano seguia as mulheres, principalmente nos bairros Iguaçu e Cidade Nobre. Pelo menos 10 casos registrados nos últimos meses foram atribuídos ao suspeito, apesar de nenhuma dessas vítimas ter comparecido à delegacia.

É a segunda vez que Claudiano é acusado de atacar mulheres. Ele está respondendo pelos crimes junto à Justiça, em liberdade. O azar dele foi um dos últimos ataques, conforme a Polícia Militar. A vítima, que conseguiu escapar do roubo, disse que anotou a placa da moto dele dias atrás.  “Ele me empurrou, mas consegui evitar que minha bolsa fosse levada. Anotei a placa da moto e todos os dados dela”, disse a mulher, pedindo para não ser identificada, ainda mais ao saber que o acusado é reincidente.

Com os dados nas mãos, o Serviço de Inteligência da Polícia Militar conseguiu levantar informações sobre o acusado e pôde detê-lo.  Claudiano estava com a moto Honda Titan, placa HCE-3457, veículo que seria arrendado. Com ele foram apreendidas algumas bolsas suspeitas de serem furtadas, mas sua mulher disse que a pertencem. Mesmo assim, foram levadas com o acusado para a 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.

Pagando
Em conversa com o DIÁRIO DO AÇO, Claudiano tentou alegar que não tem nada a ver com as acusações. “Não sei do que estão falando, não fiz nada. Fui preso naquela vez nesta mesma situação e, em menos de um mês saí da cadeia. Estou pagando à Justiça, inclusive já dei uma cesta básica como me pediram”, disse o pedreiro, que foi identificado pela vítima da tentativa de furto.

Como não estava em flagrante, o acusado foi ouvido pela equipe do delegado Geraldo Magela de Morais, titular da Delegacia Adjunta de Furtos e Roubos, e liberado. Mesmo liberado, os policiais vão investigar o pedreiro, conforme informou o delegado. “É uma situação complicada, pois não estava em flagrante, mas ele vai ser investigado pela nossa equipe. Já baixei portaria para abrir os trabalhos”, disse Magela.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO