Mineiro de Sobrália, que morreu no México em travessia ilegal para os EUA é sepultado

Jefferson Eduardo de Oliveira, de 20 anos, morreu de forma não muito clara, ao acompanhar os "coiotes" na travessia do México para os EUA

Enviada WhatsApp Diário do Aço 31 985915916


Velório no fim de semana, em Sobrália

O velório e o sepultamento Jefferson Eduardo de Oliveira, de 20 anos, reuniram centenas de pessoas, no fim de semana, no distrito de Plautino Soares, município de Sobrália.

Jefferson morreu no México durante uma travessia ilegal para os Estados Unidos. Conforme a família divulgou, o jovem estava em um bote que tombou, com mais duas pessoas ainda não identificadas.

As causas e circunstâncias da morte serão apuradas. A família não descarta a possibilidade de um assassinato. O corpo do jovem foi encontrado à margem de um rio na cidade de Nuevo Laredo, no México, no dia 12 de novembro.

Os restos mortais de Jefferson chegaram ao Rio de Janeiro no sábado (3), e na sequência, foram encaminhados ao distrito de Plautino Soares, onde chegou por volta de 9h.

O velório, no salão da igreja católica, reuniu parentes e amigos, que foram render as últimas homenagens ao jovem. No domingo, às 14h, ocorreu o sepultamento do corpo de Jefferson Eduardo, recém-casado que deixou a terra natal com o sonho de conquistar uma vida melhor para a família que iniciava.

Jefferson deixou a esposa Tayná Teixeira de Assis, de 19 anos, a quem prometeu que, tão logo se estabelecesse nos EUA, a levaria ao seu encontro. O pequeno distrito de Plautino Soares, em Sobrália, comovido, parou no fim de semana para esse último adeus.

Já publicado:
Família espera sepultar no fim de semana, corpo de mineiro que morreu na travessia México/EUA
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO