Seleção Brasileira vence Peru por 2 a 0

Com sexta vitória seguida, Brasil fica mais perto da Copa de 2018

Pedro Martins / MW Press


Brasileiros fazem a festa no peruano Estádio Nacional: liderança ampliada nas Eliminatórias e confiança em alta

Em jogo no estádio Nacional, no começo da madrugada desta quarta-feira (16), em Lima, no Peru, a Seleção Brasileira de Futebol venceu a Seleção Peruana por 2 a 0.

Diante do Estádio Nacional lotado, Gabriel Jesus e Renato Augusto garantiram a sexta vitória seguida da Seleção Brasileira, todas sob o comando de Tite nas eliminatórias para a Copa de 2018.

A marca é idêntica a do técnico João Saldanha, que fez o mesmo em 1969 com o time que conquistaria o Tri no ano seguinte, no México, com Pelé e companhia.

Os três pontos nesta 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2018 fizeram a Seleção abrir quatro pontos de vantagem na liderança da classificação, agora com 27 pontos.

Já o Peru, depois de viver um momento de glória na Copa América, praticamente dá adeus ao sonho de voltar a disputar uma Copa, o que já não acontece desde 1982. A equipe de Guerrero e Cueva estaciona nos 14 pontos, na oitava colocação, a cinco da Argentina, nesse momento dona da vaga na repescagem.

As duas seleções voltam a campo agora apenas dia 23 de março, quando o Brasil fará clássico com o Uruguai, vice-líder, de novo como visitante, enquanto o Peru terá de enfrentar a Venezuela, também longe de seus domínios.

O jogo

PERU 0 X 2 BRASIL

PERU
Pedro Gallese, Aldo Corzo (Advíncula), Alberto Rodríguez, Christian Ramos e Nilson Loyola; Yoshimar Yotún, Pedro Aquino, Andy Polo (Joel Sánchez), André Carrillo (Ruidíaz) e Christian Cueva; Paolo Guerrero
Técnico: Ricardo Gareca

BRASIL
Alisson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Paulinho, Fernandinho, Renato Augusto e Philippe Coutinho (Douglas Costa); Neymar e Gabriel Jesus (William)
Técnico: Tite

Local: Estádio Nacional, em Lima (Peru)
Data: 16 de novembro de 2016 (Quarta-feira)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Cristian de la Cruz (Colômbia) e John Alexander León (Colômbia)
Cartões amarelos: Loyola, Cueva (PER); Renato Augusto (BRA)
GOLS: Gabriel Jesus, aos 12, e Renato Augusto, aos 33 minutos do 2T


Seleção Argentina

A Argentina, que não vencia há quatro jogos e poderia virar o ano fora da zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018 nas Eliminatórias Sul-Americanas, venceu a Colômbia por 3 a 0, no Estádio Bicentenário, em San Juan (Argentina).

Árbitro: Roddy Zambrano (Equador)
Assistentes: Byron Moreno (Equador) e Christian Lescano (Equador)
Cartões amarelos: Mercado, Baenga, Lucas Pratto, Funes Mori (ARG); Santiago Arias, James Rodriguez, Éder Balanta, Cuadrado (COL)
GOLS: Messi, aos 9, e Lucas Pratto, aos 22 minutos do 1T. Di Maria, aos 38 minutos do 2T.

Jogo no Chile

Também nesta terça-feira (14), o Chile bateu o Uruguai, de virada, e subiu para o quarto lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas. Com destaque para Sánchez e Bravo, chilenos vencem por 3 a 1 em Santiago.

Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai)
Assistentes: Eduardo Cardoso (Paraguai) e Juan Zorrilla (Paraguai)
Cartões amarelos: Luis Suárez, Álvaro Gonzalez e Lodeiro (URU); Arturo Vidal
GOLS: Cavani, 16, Vargas, 46min do 1ºT; Alexis Sánchez, aos 15, e aos 30min do 2ºT

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO