Aplicativos facilitam acesso aos serviços públicos estaduais

População pode realizar diversos serviços com apps desenvolvidos pelo Governo de Minas

Segov/ MG


Entre os mais acessados está o aplicativo da Delegacia Virtual
Pagar a conta de luz, checar o consumo de gás natural canalizado, emitir boletim de ocorrência de trânsito, agendar atendimento para emissão de carteira de identidade, tirar atestado de bons antecedentes, checar o endereço de uma escola ou farmácia pública, entre tantos outros, são serviços que o cidadão mineiro pode acessar sem sair de casa ou do trabalho.

Basta ter um celular na palma da mão. Com a popularização dos smartphones, o Governo de Minas Gerais embarcou no segmento mobile para se aproximar ainda mais dos mineiros. Por meio de aplicativos, o cidadão tem a facilidade de acessar e realizar diversos serviços públicos.

O meio rural também foi integrado com o aplicativo da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater). Lançado no final do ano passado, o app tem sido acessado por agricultores de todos os territórios de desenvolvimento.

De acordo com gerente da Assessoria de Gestão de Tecnologia da Informação da Emater, Marcos Roberto Lopes, além de conhecer um pouco mais sobre a instituição, também é possível tirar dúvidas e obter informações técnicas, via Plantão Técnico.

Todas as notícias e os programas de TV e rádio produzidos pela Emater podem ser acessados através do gadget. “Também é possível procurar pela a unidade da empresa mais próxima”, explica Lopes.

A última novidade, inicialmente funcionado apenas no sistema IOS, é a biblioteca virtual, onde é possível fazer download da versão PDF de qualquer publicação. Pelo canal, o produtor tem acesso às publicações - agroindústria, alimentação, bovinocultura, café, criações, culturas, fruticultura, meio ambiente, olericultura, organização e mercado e silvicultura.

O aplicativo está disponível nas versões Android e IOS. Saiba mais - www.emater.mg.gov.br

Acesso rápido à segurança pública

O aplicativo da Delegacia Virtual propicia ao cidadão o registro de ocorrências de acidente de trânsito sem vítimas pelo celular. O objetivo é simples: redução no fluxo de pessoas nas delegacias.

O recurso pode ser usado para o registro de várias modalidades de ocorrências -acidentes de veículo sem vítimas, perda e extravio de documentos, perda de objetos pessoais, notificação de desaparecimento ou localização de pessoas e registro de danos simples, como danos a patrimônio privado, destruição de bens, depredações e pichações.

Após o envio dos dados ao sistema, a ocorrência é triada. Em até 15 minutos é emitida uma mensagem, informando o número do Registro de Evento de Defesa Social (Reds), bem como a forma de acessá-lo no site do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids) para imprimi-lo.

Para isso, uma equipe de policiais e analistas trabalha em esquema de plantão na sede da Superintendência de Informações e Inteligência Policial (SIIP), atuando 24 horas na triagem dos registros recebidos.

Nos casos de acidentes, o documento pode ser usado também para acionamento da seguradora. O documento serve também para a comprovação de extravio de documentos, dentre outros fins.

Outra forma de acesso à delegacia pode ser feita no endereço (delegaciavirtual.sids.mg.gov.br). A Delegacia Virtual tem links de atalho também nos sites da www.detran.mg.gov.br.

O registro de ocorrências na Delegacia Virtual é feito por meio do preenchimento de formulários que são apresentados, gradativamente, na tela.


Pelo aplicativo da Emater-MG, produtor rural tem acesso a informações técnicas - Foto: Omar Freire/Imprensa MG
Pagamento da conta de luz e controle de gastos em um clique

Cemig Atende

Já o aplicativo Cemig Atende registrou mais de 1 milhão de atendimentos neste ano. Ao todo, 17 serviços estão disponíveis para o cidadão.

Disponível para smartphones e tablets, com diversos serviços nos sistemas Android, IOS e Windows Phone, a plataforma oferece consulta à segunda via de contas, visualização de histórico de faturamentos, além de permitir ao consumidor informar a leitura de medidores e realizar o pagamento de faturas.

Os principais serviços solicitados pelos consumidores da Cemig são consulta de débitos, visualização de segunda via de fatura, falta de energia, acesso ao histórico de contas, envio de leitura e consulta aos protocolos.

Outra vantagem é o serviço de Pagamento Mobile, em parceria com o Bradesco. Agora, os clientes do banco podem pagar as faturas de energia pelo aplicativo da Cemig. Segundo o engenheiro de comercialização da Cemig, Lucas Antônio Correa Martins, a negociação para inclusão de outros bancos na ferramenta já está em andamento.

Além do aplicativo, a Cemig mantém outros canais de contato - (www.cemig.com.br), Facebook (@cemig.enregia), Telegram (@cemibot), Ligue 116 ou 0800-7210116 (em outros estados). O consumidor também pode ser atendido via SMS, através do número 29810.

MGApp – espaço de convergência da prestação de serviço do Estado

O MG App é o principal aplicativo desenvolvido pelo Governo do Estado de Minas Gerais. Lançado no início deste ano, reúne serviços da Cemig, Copasa, Detran, Secretaria de Estado de Saúde, Polícia Civil e Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão.

Para o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, o diferencial da ferramenta está, justamente, na praticidade que ela oferece.

“Pelo MG App, o cidadão pode acessar os principais serviços dos órgãos e entidades do Governo em apenas um aplicativo e de qualquer lugar. Com isso, queremos estar cada vez mais próximo do cidadão. Quanto menos burocracia, melhor", afirma o secretário.

Com mais de 90 mil downloads, o MG APP disponibiliza consulta a informações relacionadas a veículos e condutores, como a situação do veículo, pontuação do condutor, IPVA e defesa de autuação.

“O cidadão pode cadastrar no app algumas informações como Chassi, Renavam e CNH de forma que ele não tenha que ficar digitando as mesmas informações toda vez que ele acessar o serviço”, explica o superintendente de Governança Eletrônica da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Rodrigo Diniz.

Pelo MG App empresas como Copasa e Cemig oferecem segunda via das contas, histórico de faturamento ou consumo, informe de leitura, dentre outras facilidades. O canal “Fale Aqui” permite que o cidadão envie sugestões e reclamações e acompanhe a situação de atendimento das demandas feitas ao Governo.

Já os servidores públicos estaduais têm acesso ao contracheque com a mesma senha exigida no Portal do Servidor. Ainda no aplicativo, o cidadão consegue emitir atestado de antecedentes.

O aplicativo também disponibiliza endereços e telefones dos órgãos do Estado – delegacias, escolas estaduais, farmácias regionais, Hemominas, Minas Fácil, Sine, UAI/Psiu e unidades de saúde. O usuário tem a possibilidade também de avaliar pelo app essas unidades de atendimento.

O MG APP foi desenvolvido pela Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge), sob a coordenação da Seplag. Ele está disponível nas versões Android e IOS e Windows Phone.

Outra novidade é que o aplicativo vai ganhar, até o final do ano, mais dois serviços. O primeiro deles é a possibilidade de emitir o boletim de ocorrência de trânsito sem vítima. Também será possível realizar agendamento prévio para atendimento nas Unidades de Atendimento Imediato – UAIs do estado.

“O cidadão não vai precisar enfrentar fila para fazer uma carteira de identidade, por exemplo. Por meio do agendamento prévio pelo aplicativo, ele será atendido assim que chegar à UAI”, observa Diniz. A funcionalidade do agendamento prévio é oferecido atualmente no portal mg.gov.br.

(Com informações: Agência Minas)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO