DEER/MG apresenta Relatório Ambiental do trecho Cava Grande a BR-262

Obras da MG-760 estão paradas desde o fim de 2014, por causa de questionamento de ambientalistas sobre impactos na mata do Parque Estadual do Rio Doce

Wôlmer Ezequiel - Arquivo DA

Rodovia LMG - 760

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DEER/MG) realiza Audiência Pública no próximo dia 7, às 18h30, no Parque Estadual do Rio Doce, para apresentação do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), referente aos Estudos de Impacto Ambiental (EIA), para as obras de melhoramento e pavimentação das rodovias estaduais LMG-760 e MG-320, no trecho entre o entroncamento com a BR-262 e o distrito de Cava Grande, no município de Marliéria, Território Vale do Aço.

A Audiência será realizada conforme as orientações e critérios definidos pelo Conselho Estadual de Política Ambiental (COPAM) e o DEER/MG vai expor à comunidade o que está previsto no projeto de engenharia, o tipo de interação com o meio ambiente, as áreas de influência, bem como as alternativas técnicas e as soluções que compensarão a região, de acordo com o diagnóstico ambiental elaborado.

Foram convidados a participar da Audiência representantes das Prefeituras e Câmaras Municipais dos municípios de Dionísio, Marliéria, São Domingos do Prata, Timóteo, Jaguaraçu e São José do Goiabal, além da população em geral.

No site do DEER/MG estão disponibilizadas informações a respeito do relatório de impacto ambiental, permitindo a consulta e conhecimento do documento com antecedência.

Já publicado sobre a rodovia:
DER apresenta relatório de impacto ambiental referente à MG-760
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Eduardo Albeny de Morais 04 de Novembro, 2016 | 00:50
Quantas promessas de pavimentação já vi, quantos início de obras já vi, desde o governo Newton Cardoso, e deu no que deu até hoje. A última encenação vi de perto em Cava Grande, confesso, incrédulo mas estava lá, e quando paralisou não foi surpresa porque já haviam dito que era uma manobra só para cessar com as manifestações e paralisações protestando pela não pavimentação. Agora temos motivo para acreditar? Tá com cara de perda de tempo enrolação. Não temos representantes políticos e nem força de estado para um sonho destes.
Juca 01 de Novembro, 2016 | 13:47
Meus netos verão este asfalto...rs

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO