“O Que você vai ser quando crescer?”

Companhia belo-horizontina fecha mais uma edição do Festival da Criança

Guto Muniz/Divulgação


No palco, a divertida ação da trupe Cyntilante Produções
Foi uma semana de divertidas apresentações nos espaços do Instituto Cultural Usiminas, envolvendo 5.500 crianças de 29 escolas de Ipatinga, Santana do Paraiso, Coronel Fabriciano, São João do Oriente e Marliéria.

Em clima de sucesso e alegria, o Festival da Criança vai encerrar a sua programação nesta quarta-feira (12), às 19h, no teatro do Centro Cultural Usiminas, recebendo a Cyntilante Produções, de Belo Horizonte, com o musical “O que você vai ser quando crescer?”.

Guto Muniz/Divulgação

O enredo foi escrito pelo cantor Thelmo Lins e o poeta e o escritor Leo Cunha, e inclui canções que misturam jazz, blues, baladas, samba-rock e até marcha de carnaval, além de jogos de palavras, trocadilhos e trava-línguas dão um clima divertido ao musical, que as o tema profissões para abordar assuntos recorrentes, como o bullying.

A peça conta a história de um menino que sonha ser mágico e pergunta a todos o que eles queriam ser quando eram crianças. A direção é de Fernando Bustamante, trilha sonora de Thelmo Lins e Wagner Cosse, o espetáculo diverte, comove e inspira crianças e adultos.

Guto Muniz/Divulgação

O Festival da Criança é patrocinado pela Usiminas (Lei Estadual de Incentivo à Cultura) e tem apoio do Usicultura, Panorama Tower Hotel e Associação Cultural Zélia Olguin.

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do teatro a R$20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada para professores, menores de 18, maiores de 60, estudantes, colaboradores da Usiminas, Usiminas Mecânica e Unigal).

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO